Barman, bartender ou mixologista são definições comuns que escutamos em um bar na hora de pedir uma bebida. Terminologias muitas vezes desconhecidas para os clientes amantes da coquetelaria e preparo de drinks. Para facilitar o entendimento aqui vai um esclarecimento para nosso leitor: o barman é aquele anfitrião elegante com seu clássico terno atrás do balcão, aquele profissional que utiliza técnicas tradicionais e apuradas para a elaboração das receitas muitas vezes consagradas, como um Dry Martini. Já o bartender usa a técnica do bartending americano (flair ou malabarismo com garrafas) para preparar seus cocktails, além de outros truques de balcão com baralho e mágicas para entreter seus convidados, é um tipo de showman, mas informal e o profissional ideal para a balada ou bares dançantes.

O estágio premium na profissão de um barman e bartender é quando alcança o posto de mixologista e se transforma em um especialista no quesito bebidas e coquetelaria dominando inúmeras técnicas de preparo para a elaboração de suas criações. O mixologista está sempre em destaque, administra cursos dá palestras, implanta treinamentos, dá consultoria, escreve artigos em revistas, viaja para países produtores de bebidas para aprender seu processo.

É ainda um inventor nato, cria novos aromas e sabores nos drink’s, utiliza ingredientes inusitados a base de químicos vegetais como espessantes e geleificantes para processos moleculares.

Quando um barman alcança este degrau na profissão sempre é contratado por grandes empresas fabricantes ou distribuidoras de bebidas para ser o garoto-propaganda onde sua função será criar técnicas e receitas novas de drinks para desenvolver tendências de consumo e divulgar a marca.

Bom agora que você sabe as diferenças entre barman bartender e mixologista, que tal montar seu bar em casa e surpreender seus convidados com suas criações?