Por André Lima & André Porto / Fotos Divulgação

Sabemos que em alguns lugares do Brasil parece que vivemos em eterno verão, visto isto, para aproveitar o país da estação do sol, nada melhor do que de às vezes, bancar o barman e experimentar bebidas geladas, coloridas e suculentas, acredite você ainda ganhara pontos impressionando sua gata.
E quem não acreditava no poder do vinho para ajudar a refrescar neste calor, estava equivocado. Pois os drinks que estão fazendo o maior sucesso nos principais pontos de turismo, como nas praias da Grécia e Punta Del Leste, são feitos com este fermentado. Vale destacar, que esses refrescos alcoólicos são figuras carimbadas no mundo da coquetelaria e foram criados pelos Europeus, que é povo que mais consome vinho no Globo.
CLERICOTO clericot é um drink de origem francesa. Mas alguns contam a história de que o drinque foi inventado por ingleses que moravam em Punjab, na Índia, para amenizar o calor. O fato é que, hoje, o clericot é praticamente uma bebida típica da Argentina e Uruguai , consumida principalmente nas praias de Punta Del Este. Alem de ser bonito, o seu preparo é muito fácil e pode ser servido em uma poncheira. Sucesso na temporada do calor, o drink roubou um pouco do espaço da caipirinha e foi logo importado para os restaurantes paulistanos de vanguarda. Ficou com vontade? Então vamos aprender.

COMO FAZER:1 garrafa de vinho rose ou se preferir pode ser vinho branco ou até mesmo espumante
1 pêra picada
2 latas de soda
2 Kiwi em cubinhos
3 pêssegos em cubinhos
3 maçãs picadas
1/2 de abacaxi em cubinhos
10 morangos picadinhos.

Para preparar a bebida basta juntar todos os ingredientes em uma bela jarra e servir com bastante gelo. Coloque algumas rodelas e pedaços grandes de frutas, para decorar.“Em um sábado vendemos 30 jarras de clericot só no almoço. “É quase um efeito psicológico: os clientes veem na mesa ao lado e querem também”, diz Márcia Freitas, proprietária do mediterrâneo “O Pote do Rei”.

SANGRIAA sangria é uma bebida típica espanhola, feita com vinho tinto seco, mas nada obsta, de usar outras bebidas como aguardente, no caso do Brasil, que também fica excelente, afinal, o importante é que a Sangria esteja bem gelada.

Este drink é bem comum em Portugal, aonde tradicionalmente adicionam-se especiarias como; pau de canela e ervas aromáticas frescas (hortelã). Em Portugal existe uma variedade de sangria, algumas em vez de utilizarem vinho, utilizam, por exemplo, champanhe com frutas vermelhas, como bagas de groselha, mirtilo e framboesas. No Brasil, a bebida está bombando nos cardápios deste ano, até os restaurantes orientais deram um jeitinho de incorporá-lo, trocando o vinho pelo saquê.

COMO FAZER:1 garrafa de vinho tinto seco ou Sake
1 lata de refrigerante de limão
1 dose de licor de laranja
1/2 copo de suco de laranja
2 maçãs picadas
1 abacaxi picado (sem o miolo)
1 cacho grande de uvas (tipo itália) sem sementes
Cravo da índia (uns 3)
Açúcar a gosto
Gelo picado a gosto

Para preparar a bebida basta juntar todos os ingredientes em uma jarra e servir com bastante gelo. Você também poderá usar o truque das frutas com pedaços grande para decorar.

OBS: Tanto para o Clericot quanto para a Sangria, tem de ser um vinho seco. Não pode ser muito doce por causa do açúcar, das frutas e licores e, se for usar espumante, tem de ser Brut.

Fabricio Marques, embaixador da Cîroc, lançou recentemente no Brasil os dos dois novos sabores da vodca francesa: Coconut e Red Berry. “Existem já no mercado muitas vodcas com sabores, mas esta é a primeira feita com sabor natural”, explica Fabricio. “Os novos sabores são feitos a partir de finas uvas francesas fermentadas a frio, assim como os melhores vinhos,  e destiladas por cinco vezes. Após esse processo, as novas variantes são cuidadosamente infusionadas com ingredientes naturais, resultando nos equilibrados flavours de frutas vermelhas e de côco. O ideal nestas vodcas é que elas podem ser apreciadas puras, apenas com gelo”. No caso da Red Berry a vodca é misturada na infusão com essências da framboesa fresca e do morango maduro. Já na Coconut, a infusão é resultado da mistura da essência do coco cremoso com um toque de frutas tropicais.

Miks é mais uma bebida gaseificada, leve e de sabor refrescante, elaborada a base de vodka, frutas e chás, com baixo teor alcoólico (5,5%). Refrescante e ideal para o verão. A linha é composta por cinco variações, todas prontas para beber: morango e kiwi com chá vermelho; pêssego com chá preto; frutas verdes com chá verde; citrus com chá branco e limão; e gengibre com chá branco. Sua embalagem traz números para facilitar a memorização do sabor e indicativo de temperatura ideal no gargalo.