Se preparando para viver mais um personagem na carreira, o ator Rafael Cardoso arrumou um tempinho em meio a uma agenda bem disputada para conversar com a equipe da MENSCH e contar um pouco da pessoa por trás das câmeras. No auge de sua carreira, prestes a viver mais um protagonista, além de empresário bem sucedido e com uma linda família, Rafael mantém os pés no chão e focado em construir seus sonhos, com muita simplicidade. Sem muito tempo para descanso e muito receptivo, o gaúcho, de 32 anos, fala com alegria sobre sua trajetória, acumulando experiências que só ratificam a vontade de “dar certo” ao sair de Porto Alegre para encarar a rotina intensa do Rio de Janeiro. “Os desafios são motivadores. Independente do contexto, viver vilões e mocinhos me dá a mesma alegria. O artista pode tudo, encaramos qualquer personagem. E o público é o grande responsável por isso, nos coloca nesse lugar”, revela.

Rafael Cardoso recentemente viveu o vilão Renato, em “O Outro Lado do Paraíso”, com o qual ganhou destaque, mas sua carreira iniciou ainda muito cedo, aos 16 anos, com pequenas participações no canal RBS, do Rio Grande do Sul. “Entre um comercial e outro que fazia em Porto Alegre, percebi que precisava me preparar mais, foi daí que veio a vontade em fazer teatro, pois ainda ficava encabulado com as câmeras. Recebi muito incentivo dos professores a continuar estudando e me dedicando. Com isso surgiu a oportunidade de fazer um teste para a televisão”, lembra ele, que em 2008 viveu Klaus, na novela “Beleza Pura”, da Rede Globo, o que representou o início de sua trajetória nas telinhas. A partir de então, já viveu personagens em mais de dez novelas e cinco filmes.

Rafael já viveu relacionamento gay, em 2009, no filme “Do começo ao fim”, dirigido por Aluízio Abranches. Caiu nas graças do público com o playboy Jorgito, em “Ti-Ti-Ti”, em 2010. Depois, em 2011, viveu seu primeiro protagonista das 19h, com Rodrigo, em “A Vida da Gente”. Encarnou mais um playboy, Albertinho, em 2012, com a trama “Lado a Lado”, para assim, em 2014, viver Viktor, em “Joia Rara”. Também em 2014 deu vida a Vicente, na novela das 21h “O Império”, depois o protagonista Conde Felipe, em “Além do Tempo”.

Apesar dos mocinhos figurarem com uma maior intensidade na vida do ator, os psicopatas têm acompanhado seus últimos trabalhos. Antes de viver o médico Renato, o gaúcho interpretou, em 2017, Cesar, na novela “O Sol Nascente”, mostrando sua multifacetada performance enquanto ator. “Fazer protagonista é muito bom, mas também dá para se divertir com os vilões, onde se pode tudo. Ser ator tem disso, é como num gaveteiro, onde temos várias gavetas que podem ser abertas com um mundo de possibilidades”, diz entre risos. O gaúcho se prepara para mais um desafio na carreira: viver o protagonista na próxima trama das 18h, “Espelho da Vida”, que estreia em setembro.

Mas, quem pensa que ele para por aí se engana. Rafael Cardoso é também empresário e chef de cozinha, além de desempenhar muito bem as atividades domésticas. À propósito, quando da chegada da equipe da MENSCH para a sessão de fotos com o ator, ele estava provando que não é só na teoria, mas que coloca a mão na massa mesmo, ou melhor, nas tintas, após a pintura das paredes de sua casa. “Venho de família humilde e isso é muito natural”, conta ele entre risos.

Graças a avó aprendeu a cozinhar, com o tempo, foi aprimorando os dotes culinários preparando receitas mais sofisticadas. Há cinco anos tinha o blog de gastronomia funcional, “Pura Mesa”, onde falava de saúde através da alimentação, mostrando criações funcionais. “Lá, falava de Pancs – plantas alimentícias não convencionais -, sobre cogumelos nativos da Mata Atlântica, entre tantas coisas legais”, diz ele revelando que tem planos de assinar um livro sobre o assunto.

Sócio de três restaurantes, uma marca de sucos e duas fazendas de orgânicos, o empresário Rafael Cardoso também tem e uma criação de cavalos Crioulo, com o amigo e sócio, André Machado, com quem participa de exposições da raça. “Estou sempre buscando melhorar, trabalhando direto, fazendo acontecer. A vida é isso, não para. E tem mais coisas pra surgir”, comemora.

Muito discreto quando o assunto é a vida pessoal, Rafael revela que seu ponto de equilíbrio está em casa, junto com a família, com simplicidade, comidinha caseira e rodeado de amigos. Vivendo a experiência da chegada segundo filho, Valentim, com Mariana Bridi, 33 anos, com quem é casado há dez anos, e tem a primogênita Aurora, de 3 anos, o casal se divide entre a vida na cidade do Rio de Janeiro e no campo. “Dentro dessa loucura toda de morar numa cidade frenética como o Rio, a gente tenta ficar tranquilo. Mas nos mudando aos poucos para a fazenda, onde podemos desacelerar e viver mais pacato, com mais qualidade. Tudo isso sem trauma, da melhor forma possível”, revela.

Mostrando o que realmente importa para ele, sem querer ditar regras ou lançar polêmicas, Rafael se mantém focado em seus objetivos. “A vida real é bem corrida, para me adequar a essa correria, procuro sempre otimizar meu tempo, focando no que realmente interessa para que tenhamos êxito. Existe muita dispersão nesse mundo, então foco na família, no trabalho…mas, claro que cada um tem seu conceito em relação ao tempo, cada um sabe o que é legal pra si, não estou aqui querendo ditar regras”, finaliza.

Por EMANUELE CARVALHO
Fotografia SERGIO BAIA
Stylyng MÁRCIA DORNELLES
Beleza WALTER LOBATO

Fotografia Sergio Baia / Stylyng Márcia Dornelles / Beleza Walter Lobato – Rafael veste – Look 1: Calça black, jeans Hugo Boss, Tricot Richards; Look 2: Calça VR, T-shirt Richards, Jaqueta Raffer; Look 3: Calça VR, T-shirt Hugo Bos; Look 4: Calça VR, T-shirt Drazzo, Jaqueta Raffer; Look 5: Calça Hugo Boss, Tricot Richards; Look capa: T-shirt Dokston, blazer Poggio, calça Hugo Boss