Desde que foi lançado em 2009, o Mini Cooper é um dos menores carros mais vendidos em todo o mundo, ou seja, para quem deseja ter um carro que é ao mesmo tempo pequeno, grande e confortável a melhor opção é este modelo. Aproveitando o sucesso desse pequeno notável, no final do ano passado a BMW revelou o novo MINI Coupé 2012, sua versão esportiva para dois passageiros que já tinha aparecido em versão concept. Ideal para quem deseja um carro pequeno no tamanho, porém grande na confortabilidade, o Mini Cooper vem encantando os fanáticos, que ficam loucos quando encontram um pelas ruas.

O modelo esportivo para dois passageiros vem com porta malas de 280 litros com acesso por dentro do carro, e apenas 3,72 m de comprimento, 1,68 metro de largura e 1,38 m de altura. E para agradar ainda mais os seus consumidores e novos, a montadora adicionou alguns diferenciais ao Mini Cooper, como por exemplo, novas rodas e para-choques para um estilo e design todo especial. Em relação a parte mecânica, esta continua igual 1.6 com potência de 120 e 175 cavalos, um dos fatores que sofre alteração em relação as versões disponíveis.

Alguns outros detalhes fazem jus à esportividade, o modelo Coupé é 52 mm mais baixo que os outros modelos hatch da marca e conta com um Spoiler traseiro que se levanta automaticamente aos 80 km/h. Segundo a BMW o chassi também recebeu melhorias para dirigibilidade do carro. Seu interior ganhou novos materiais e cores. O Mini Cooper chama atenção desde 1959, quando foi lançado pela marca BMC. Sob o comando da BMW, o carrinho foi relançado em 2001. Cinco anos depois, sofreu uma repaginação e, em 2009, chegou ao Brasil.

O Mini Cooper 2012  é complementado com sistema de airbag duplo, ar condicionado, direção hidráulica, sistema multimídia com rádio MP3 e com USB, rodas de liga leve, sistema de freios ABS e EBD, cambio de seis marchas e mais. E seu tanque de combustível comporta 40 litros. Outra característica é o teto rebaixado e para-brisa mais inclinado, fazendo o modelo ser 29 mm mais baixo. Os mais altos não serão prejudicados por causa disso: por dentro o teto tem uma abertura côncava. A base do Mini Coupé é a mesma do Mini Cabrio, mas a suspensão é mais rígida.

O Cooper está disponível em seis versões: One (mecânico) com 98 cavalos de potência e 15,6 kgfm de torque a 3.000 rpm; já os modelos Salt (mecânico), Pepper (automático), Chili (automático) vem com 120 cavalos e 16,3 kgfm de torque a 4.250 rpm. E os modelos S e S JCW trazem o motor 1.6, 4 cilindros, 16 V, turbo, a gasolina. O Cooper S gera 184 cv de potência e 24,4 kgfm de torque a 1.600 rpm, e o S JCW produz 211 cavalos e torque de 26,5 kgfm a 1.850 rpm. S (automático) e S JCW (mecânico). Com exceção do Cooper S e do Cooper S JCW, os demais são todos equipados com motor 1.6, 4 cilindros, 16V, aspirado, a gasolina.

O projeto de sua construção foi feito para privilegiar uma condução esportiva. Está sendo vendido à um preço que não condiz muito com seu tamanho, o Cooper de 122 cavalos por R$ 134.900 e o Cooper S de 184 cv de potência por R$ 149.950. Para obter mais informações sobre o modelo como ficha técnica, fotos, vídeos e mais detalhes, acesse o site Mini Brasil www.minibrasil.com.

Fonte: Motor Clube, Quatro Rodas, Mini Brasil

Acompanhe a MENSCH
também pelo Twitter: @RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App
Store.