A busca bom bem-estar e saúde muitas vezes nos parece algo distante. Simples de fazer mas muitas vezes difícil de começar. Isso nos leva muitas vezes a nos acomodar num modo de vida não muito correto ou saudável e que, muitas vezes, se transforma em problemas de saúde e insatisfação pessoal. Quando fomos convidados a conhecer o Kurotel isso nos pareceu algo distante de nossa realidade de vida corrida com foco no trabalho e em resultados. “Ir para um SPA, por que? Não estou gordo e nem estressado!”, logo pensei. Depois de tudo organizado, partimos, eu e o fotógrafo Carlos Cajueiro, em mais uma missão.

Só pela curiosidade de conhecer um lugar novo e estar novamente em Gramado, essa experiência já iria valer muito à pena. Chegamos em Porto Alegre e de lá pegamos estrada rumo à Gramado, para o badalado Kurotel – Centro Médico de Longevidade & SPA. Chegando lá fomos, muito bem recepcionados pela simpática Ana Lúcia que, prontamente, nos fez sentir em casa em poucos minutos. Nos apresentou as instalações do hotel e nosso confortável quarto. A primeira impressão, já nos causou uma bela surpresa. O belo casarão dividido em duas partes, uma ala mais tradicional da época de origem do prédio, de 1982, que, mais moderna e atualizada com conceitos internacionais de hospedagem, completa toda a área do Kurotel. Ao total, a construção de 1.865m², contou com investimento de R$ 6 milhões no último ano e abriga 20 novos apartamentos divididos em dois pavimentos por meio da construção com sistema Light Steel Frame, o que possibilita um baixo consumo hídrico e pouca geração de resíduos.

Após nos instalarmos no quarto, colocar o roupão e o chinelinho comum a todos os hóspedes, fomos para nosso check-up geral que varia de acordo com a avaliação médica. Ficamos impressionados pelo tamanho da equipe técnica presente, formada por médicos de diversas especialidades, dermatologistas, cirurgião-dentista, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, educadores físicos, enfermeiros, esteticistas, técnicos e instrutores de meditação e yoga, oferecendo, assim, atendimento com qualidade e segurança em diferentes áreas. Depois dessa avaliação pessoal é que se monta o calendário de atividades e o cardápio de acordo com o tipo de diagnóstico apontando para uma série de programas e tratamentos especiais, focados na saúde e bem-estar. Entre eles, estão Emagrecimento e Fitness, Controle do Estresse e Ansiedade, Longevidade Saudável, Detox Tabaco, Kinder Kur, Pós-Câncer, Pré ou Pós-Operatório e Memória.

Mais recentemente, lançaram o programa Kur Relax e SPA, com estadias com duração que se adéquam à agenda do cliente, com variações de uma semana, meia semana e de até dois dias. Além do Kur Corporativo, destinado a pequenos grupos de empresários, e Revisão Clínica, em que, após 3 meses de estadia, o cliente é incentivado a voltar por 3 dias em um programa de condição especial para revisão e verificação clínica, com o intuito de retomar as atitudes positivas que levam ao resultado desejado.

CASA DO BEM-ESTAR

Foi aí que percebemos que não é à toa que o Kurotel foi eleito, pelo quarto ano consecutivo, como o Melhor Centro Médico e SPA de Luxo da América do Sul pelo World Luxury SPA Award. Além de ser apontado como um dos melhores SPAs Clínicos do mundo. Afinal, tanta excelência em atender e cuidar é o resultado de 36 anos de atuação e da dedicação de seus fundadores, Neusa e Luís Carlos Silveira que sonhavam em construir um lugar onde pudessem receber clientes e ajudá-los a conquistarem uma vida com mais significado. Segundo D. Neusa, a história do Kurotel já tem quase 50 anos, contando os anos de estudos e preparação para a realização de um sonho que era ter um espaço para cuidar da saúde. “A Faculdade de Medicina ensinava a combater a doença, não a manutenção da saúde. E ele (Luís Carlos) se questionava por que isso, por que se nós cuidássemos mais da saúde certamente não teríamos tantas doenças. Terminando a Faculdade, ele tinha certeza que queria cuidar da saúde”, comentou D. Neusa sobre o desejo do marido em ter um centro voltado para a saúde e bem-estar. Sobre o nome, ela nos fala da origem alemã, “Nós não tínhamos referência disso no Brasil e fomos procurar os conhecimentos na Alemanha. E daí, veio o nome, Kur, por que Kur na Alemanha quer dizer “casa de curar”, “casa de tratamento”. Então, quando se fala que é um Kurotel, já se sabe que não é um hotel, são estabelecimentos que cuidam da saúde”.

“Pegamos esse conhecimento da Alemanha, só que lá, eles tinham um foco muito ligado a águas, a fisioterapia, mas não se preocupavam com a alimentação. Pensávamos em que quantas pessoas estão fazendo fisioterapia, mas não estão se alimentando adequadamente. Acrescentamos, então, a alimentação. Meu marido já se preocupava com a fisioterapia. Então, incluímos fisioterapia, incluímos também atividade física, e principalmente, o controle do emocional, o que na Alemanha, não trabalhavam. Aí, nós procuramos nos Estados Unidos, mas não era em clínicas, era em consultórios. Então, com esses conhecimentos do lado europeu e do lado americano, adaptando às necessidades brasileiras.  Montamos um programa que é nosso método Kur, que estamos falando desde a implantação são 36 anos, mas 10 anos antes, até mesmo da época de faculdade, e até depois, estudando em como seria”, conclui D. Neusa.

E na prática, pudemos provar um pouco de cada etapa do métodos Kur, fosse com o atendimento médico, fosse com as atividades que iam de caminhadas, massagens, musculação até aulas de gastronomia saudável. Tudo foi cuidadosamente cuidado. Falando em alimentação, ficamos imaginando, de início, que seria algo radical e xiita, de não poder ir tomar um chocolate quente no centro de Gramado ou provar do melhor fondue do Brasil. Lá, o cliente é livre. Vai da consciência dele seguir o que foi recomendado, para obter o resultado desejado. No restaurante, a ordem, em geral, é não servir café ou refrigerantes (isso só com entrega direta no quarto). Afinal, é um lugar comum a todos, então, a regra tem que existir para todos.

Para quem não quiser ficar hospedado, é possível comprar um Day SPA para aproveitar do Kur Estação das Águas, um dos pontos altos para nós.  Os preços variam de R$ 212 a R$ 1.311 (os valores podem sofrer variação dependendo da época), que podem incluir apartamentos e top suítes com total descrição. O importante, é sempre deixar o cliente muito à vontade. Pensando nisso o Kurotel tem buscado sempre ser high tech e human touch, isto é, unindo tecnologia e conhecimento científico a um atendimento humanizado e acolhedor. Entendem que o cuidado com a saúde não se faz somente com inovações tecnológicas, mas sim com a troca entre a equipe transdisciplinar e o cliente.

Ao final de cinco dias hospedados no Kurotel, descobrimos o quanto a experiência marcou nossas vidas. De mudanças de hábitos a uma consciência maior sobre como cuidar melhor da saúde e da alimentação. Das pessoas que conhecemos por lá, só gente alegre e dinâmica, em busca de qualidade de vida. Dos funcionários gentis à uma sensação de se sentir bem acolhido. Isso não tem preço. Não é à toa que essa é uma modalidade de turismo que conquista cada vez mais adeptos – o turismo de bem-estar.

MUDANÇA DE VIDA

“Qualidade de vida em primeiro lugar. Já vim por diversos motivos, em épocas distintas. Comecei mais pela coisa do emagrecimento. E é surpreendente como eu me identifico por esse lugar e ao trabalho deles. Que é um trabalho muito completo, personalizado, comprometido com o que eles fazem. Tudo que eles me falarem pra eu fazer eu faço. É impressionante. É uma ligação de confiança. Eu me sinto em casa. Já parei de fumar aqui. A primeira vez eu vim para emagrecer em 94, depois dei uma pausa grande, por motivos pessoais, morei fora do Brasil, daí em 2005 comecei a vim regularmente. No mínimo passo sete dias, e no máximo fiquei dez dias. Não fico mais por conta do trabalho”, comentou Vera Maria, cliente assídua do Kurotel há muitos anos.

Mais informações: www.kurotel.com.br