A Birkenstock apresentou nessa quarta (13/06) sua coleção Primavera / Verão 2019 nos históricos Jardins Torrigiani, em Florença, durante a 94ª edição da Pitti Uomo. Em um cenário espetacular montado neste que é o maior jardim privado da Europa, o legado da bicentenária marca alemã de calçados se uniu à arte do paisagismo.

Ao apresentar sua mais recente coleção nas passarelas, a Birkenstock, fundada em 1774, reforçou seu compromisso em seguir se renovando e buscando contextos relevantes para comunicar sobre sua herança. O desfile, que aconteceu durante a Pitti Uomo, teve a ambientação sonora assinada por Michael Gaubert, o sound designer favorito do mundo da moda, e contou com figuras ilustres do mercado, como Suzy Menkes, Cathy Horyn, Michele Lamy, Sterling Ruby, Andreas Murkudis, Kostas Murkudis e Christopher Raeburn.

A proposta da Birkenstock é trazer calçados que representem qualidade, funcionalidade e bem-estar. Com mais de 3.500 funcionários, o tradicional negócio familiar que está em sua sexta geração, é também um dos maiores empregadores da indústria calçadista alemã. As raízes históricas da empresa tiveram início em 1774. A Birkenstock já adotava o termo “Footbed” na década de 1930, para se referir às suas palmilhas anatômicas, dando-lhe o significado reconhecido mundialmente até hoje como sinônimo de conforto excepcional. No início dos anos 1970, a Birkenstock passou a atuar em um nível global. Fabricados na Alemanha, as sandálias ortopédicas da marca são vendidos em mais de 100 países em todos os continentes.

Para quem pensa que a Birkenstock só trabalha suas famosas sandálias, eles também possuem uma gama crescente de sapatos fechados, sapatos infantis, sapatos e calçados para uso profissional. Atualmente a empresa está sediada em Neustadt (Wied), na Alemanha e possui nove pontos de atuação na Alemanha, nos estados da Renânia do Norte-Vestfália, Renânia-Palatinado, Hesse, Baviera e Saxônia. A empresa também lidera seus próprios escritórios de vendas nos Estados Unidos, Brasil, China, Hong Kong, Japão, Dinamarca, Espanha e Reino Unido.