Ana Paula Tabalipa é uma daquelas mulheres inesquecíveis que quando se vê na TV o tempo para e ela parece hipnotizar qualquer telespectador. Seu primeiro trabalho na TV foi em “Malhação” e de cara uma legião de fãs se formou para seguir seus passos. Rosto angelical, sorriso contagiante e uma discreta sensualidade fizeram dela um musa de qualquer estação. Na série Luna Caliente era pura sedução e em outubro de 2008 ela apareceu irresistível na capa da Playboy. Mas Ana Paula não é só isso. Em sua trajetória o papel de mãe é o que lhe cai como uma luva. Pode não parecer mas ela já é mãe de quatro filhos. “Mas não me arrependo de nada, AMO ser mãe, meus filhos são meus melhores presentes, meus tesouros”, comentou Ana Paula. Seu mais novo desafio agora é a personagem Asisa na nova novela da Record, “Jesus”. A gata não será nada boazinha, mas mesmo assim iremos adora vê-la de volta à telinha. Enquanto isso se encante com esse belo ensaio fotografado na Casa Cool Beans em Santa Teresa onde ela aparece mais linda e arrebatadora do que nunca.

Seu início como artista foi como modelo aos 13 anos ou não tinha noção do que queria para você ainda? Comecei aos 13 anos como modelo e manequim sem saber o que queria. Desde então comecei a trabalhar sem parar como modelo, depois fazendo comercias com falas, até parar na “Malhacão” tudo meio sem pensar mesmo, foi acontecendo!

E sua estreia na TV como atriz foi em “Malhação” em 1995, e marcou com a personagem Tainá. Como foi esse início? O Roberto Talma me viu em um comercial e mandou me procurarem, ligaram da globo para a minha casa, e me chamaram para os testes fui fazer sem nem saber para o que era. Depois de vários testes, eu passei e fiquei sabendo sobre o projeto. Foi a melhor maneira de começar! Não sabia posicionamento de câmera, luz… não tinha noção de quase nada e o Talma foi um presente que me ensinou tudo.

Depois disso você não parou mais em diversos trabalhos em várias emissoras. Que recordações guarda desses trabalhos? Difícil falar assim, cada trabalho tem sua peculiaridade, foram momentos diferentes da minha vida, aprendi muito com todos e fico muito feliz quando olho a minha trajetória.

Ao longo da sua trajetória como atriz você foi mãe 4 vezes. De alguma forma a gravidez te atrapalhou em algo na carreira? Mudaria algo nesse sentido? Recusei vários trabalhos porque estava gravida. Muita gente fala que se não fossem os meus filhos eu estaria em um outro patamar. Mas não me arrependo de nada, AMO ser mãe, meus filhos são meus melhores presentes, meus tesouros. Sou mais feliz com eles! Não mudaria nada. A vida é cheia de escolhas, e nelas sempre ganhamos e perdemos algo, faz parte.

Como foi /é administrar carreira com seu lado mãe? Diria que é o maior desafio? O desafio é diário, mas nós mulheres temos essa capacidade de fazer tudo ao mesmo tempo, e sempre dá certo! Hoje não tenho ajuda, sou eu e as “crianças”. Faço tudo, sou cozinheira, passadeira, motorista…. Mas sou mais feliz assim, atuando, mesmo tendo uma vida pessoal atarefada para administrar.

Em 2016 você voltou à Globo, onde começou, para uma participação na novela “Sol Nascente”. Como foi a experiência? Não foi fácil… Eu pedi muito para fazer a novela e a Frida me deu essa oportunidade na qual sou muito grata! Fiz uma participação, que qualquer outra pessoa poderia ter feito, tive a sensação de estar começando de novo. Mas sempre tiro proveito do lado bom das coisas, e fiz essa participação da mesma maneira que faria qualquer papel grande. Agora estou feliz e focada no meu novo papel, a Asisa que é um personagem delicioso.

Falando nela, agora você está estreando na novela “Jesus” da Record, com essa personagem Asisa. O que pode nos adiantar do que vem por aí? Estou encantada com a novela, falo para os meus filhos que eles precisam assistir porque é uma aula de história! Minha personagem é intensa, e não tem uma cena jogada fora. Asisa é um presente!

É sua 2ª novela religiosa? Como é participar de um trabalho que tem esse pano religioso de fundo? Tem um peso especial? Sim!!!! Jesus é o ser mais famoso do mundo!! O peso é tentar fazer o mais humano possível e nunca deixar de se divertir.

Prestes a completar 40 anos você parece mais bonita com o tempo. A idade tem algum peso para você ou se sente realizada? Me sinto realizada na vida pessoal, mais madura. Mas profissionalmente ainda quero interpretar muitos personagens, trabalhar bastante!

É muito vaidosa? Até que ponto? Já não fui nada vaidosa. Hoje procuro me cuidar mais, mas sem exageros. Na vida sou muito normal, gosto de sair de cara lavada.

Em 2008 você foi capa da Playboy posando em lugares marcantes e boêmios do Rio de Janeiro. Como foi a experiência? Mudaria algo? Foi muito tranquilo, encarei como qualquer outro trabalho. Não mudaria nada.

Nesse ensaio você está um mulherão. Ainda mais linda. Como se cuida? Obrigada! Eu subo e desço escada carregando roupas, varro, passo pano, carrego a Mia no colo… basicamente essa é a minha malhação. Não frequento academia. Mas passo protetor solar todos os dias e vou sempre a dermato.

Que qualidade admira nos homens? E o que eles precisam aprender com as mulheres? Não acho que eles precisam aprender nada com as mulheres, como também não acho que precisamos aprender com eles. O respeito é a base de qualquer relação, independe do sexo. Acho que homens e mulheres precisam se respeitar.

Para você qual a maior cilada em um relacionamento? E o que é fundamental? Fundamental é o respeito e admiração. Ciladas podem ter várias…

E para relaxar o que faz sua cabeça? Converso e tomo vinho com minhas amigas sempre!

Para te conquistar basta… Hoje??? Não vai ser simples assim…

Fotos e Beleza Vinicius Mochizuki

Styling Samantha Szczerb

Agradecimento Casa Cool Beans (locação) e Duloren (lingerie)