Provocante, polêmica, segura de si e altamente divertida. É o mínimo que podemos falar da nossa estrela Antônia Fontenelle. Isso tudo junto e mais um pouco tem reflexo no seu canal no YouTube em “Na Lata com Antônia”, que já virou um sucesso e ultrapassou um milhão de inscritos. Aqui na MENSCH não seria diferente, Antônia respondeu nossas perguntas sem papas na língua e ousou nos clicks. Resultado, ficamos ainda mais fãs dessa mulher incrível.

Dona de um canal que mais cresce no YouTube, há pouco você chegou à marca de 1 milhão de escritos. O que você acha que levou a esse número? Demorou muito pra fazer um milhão de inscritos. Foram quatro anos de luta, investimento do próprio bolso. Meu produto não fala a mesma linguagem do YouTube, faço formato de TV, às vezes 40 minutos de entrevista numa plataforma onde 10 minutos é considerado uma vida, meu público é A e B agora entrando no C. Estudos comprovados pela própria plataforma, galera que assiste as entrevistas mas não é muito de se inscrever. Em compensação sou a única que encarou esse desafio e hoje o “Na Lata com Antonia” é case de sucesso no YouTube.

Entrevistas como Mileide Mihaile, Carlinhos Maia, Renata Banhara mexeram bastante com o público e até a mídia. Você já imaginava que iria gerar toda essa repercussão? Minhas entrevistas sempre reverberaram nas TV´s, nos portais, jornais e rádios. Atribuo a isso às pessoas que levo e acredito que também pela forma que conduzo as entrevistas.

E por que eles fizeram com você e não com em um programa de TV ou mesmo em outro canal? Será que é por que você dá mais liberdade deles falarem o que pensam? 80% dos meus convidados usam a mesma frase: só vim porque é pra você. E isso não tem preço, se chama confiança.

Em algumas entrevistas você disse que a atriz Flávia Alessandra proíbe sua entrada na Globo. Ela tem tanta força na emissora assim? Esse assunto me atrapalha muito, mas posso te garantir que ela é protegida lá dentro sim, muito mais que Renata Sorrah, uma atriz incrível que merecia sim ter contrato fixo. Já a Flávia tem. Não é boa atriz e quase nunca é escalada pra trabalhar. Qual é a explicação? Mas preciso deixar claro que estar na Globo ou não indefere pra mim.

Você está em luta para receber na justiça o que é de direito que o próprio Marcos Paulo deixou para você em vida de herança. Fontenelle, você ainda acredita na justiça? Por que é difícil provar uma coisa que todos nós víamos quase que diariamente na mídia que você era de fato a companheira do Marcos? Porque estamos no Brasil. Aqui tudo é possível. Confesso que nada mais me surpreenderá, a lenga lenga persiste, vamos ver até quando.

Você se considera uma mulher polêmica? A polêmica ainda vende? Não, sou sincera. Não sou de meias palavras, a verdade deveria vender sim né? Mas infelizmente a mentira vende mais, fazer o que né? Tenho esperança que isso mude.

Falar o que pensa pode ter feito alguma emissora não querer você na casa? Claro, acredito que seja só esse o motivo. Em compensação todos os dias tenho convite pra dar alguma entrevista porque dou Ibope, vai entender.

Com o crescimento do seu canal no YouTube você acha que as emissoras já estão te olhando deferente? Acho que sempre olharam, mas são muito melindradas, engessadas…Um programa na TV te atrai? Ou o YouTube te satisfaz? Acho que tem muita gente que ainda desconhece o Youtube, e eu gostaria muito de chegar até essas pessoas, elas estão carentes de alguém que fale a mesma língua delas. Já tive convites, mas não chegamos num acordo, bom encontro é de dois.

Qual o limite para expor o pessoal nas redes socais? Qual seu filtro? Ou não existe? Tudo nessa vida tem limite, eu particularmente não exponho ninguém.Atriz ou apresentadora, o que te dá mais tesão? Confesso que os dois. Amo atuar também.

Você parece ser uma mulher bem vaidosa. Como lida com o espelho? Qual seu ponto fraco que não abre mão? Vaidade zero, juro pelos meus filhos. Quando procuro uma clínica de estética é pra fazer acupuntura, pra aliviar as dores na lombar que desde cedo me perseguem, ou no máximo um botox na testa. Tem gente que acha que faço preenchimento labial, fiz uma vez faz muito tempo, tentando corrigir uma falhinha e não deu certo. Mas sempre que posso faço drenagem pra retenção de líquido, nunca fiz plástica, pra isso sou medrosa.

Falando em vaidade… há alguns anos atrás você posou nua para Playboy. Como foi a experiência? Mudaria algo? Foi uma das melhores experiências da minha vida, a revista foi um sucesso. Eu estava recém viúva, recuperei minha autoestima, entrei pras história da PLAYBOY. Sou uma das 40 mulheres da PLAYBOY Brasil e ainda peguei quem eu quis. (risos)

Você sempre foi uma mulher muito sedutora. Que “armas” usa na hora da conquista? Onde percebe seu “potencial” de sedução? Atitude. Homens amam mulher de atitude.

Quando quer algo é daquelas que corre atrás e não desiste até conseguir? Exatamente!

O que te tira do sério e o que te coloca na paz? Meus filhos e minha neta com saúde são minha paz, meu porto seguro. A mentira, a injustiça e a covardia me tiram do sério.

Como você se definiria para quem não te conhece? Uma mulher leal acima de tudo.

O que você falaria na lata para os políticos nessa época de eleição? Fiquem espertos, os tempos são outros e o brasileiro tá acordando.