Linda e hiper ativa, Gabi Lopes mesmo com pouca idade (23 anos) já traz um currículo variado com trabalhos na TV, cinema, teatro, videoclipes e movimente muito bem as redes sociais e seus mais de 2 milhões de seguidores. A gata já ganhou dois prêmios melhor atriz e melhor filme com o curta “View”, e ainda está concorrendo no Bervely Hills film Festival. Ano passado trabalho ao lado de Luana Piovani em seu primeiro longa e em breve as duas vão se juntar novamente para mais um projeto no cinema. E falando nisso, esse ano Gabi ainda vai aparecer em mais outros dois filmes, “Cada de Cleo” e “Com Quantos Caracteres Se Escreve o Amor”, ou seja, ela não para. Como influencer e youtuber, Gabi faz sucesso por seu jeito espontâneo de compartilhar tudo de forma leve e cativante. Sem falar que mesmo sem ser muito vaidosa, Gabi sempre que aparece é um colírio para os olhos, seja nas redes sociais, cinema, TV ou aqui nesse ensaio exclusivo para a MENSCH. E conclui, “Todos somos influenciadores. Qualquer ser humano influencia outros através de suas atitudes!”

Gabi, recentemente você ganhou dois prêmios internacionais e concorre a mais um pelo tele filme “View”. Conta como foi isso? View é um curta metragem onde a personagem que eu vivi, Kaká, passa o filme inteiro sequestrada em um cativeiro! Foi um projeto onde me entreguei muito na preparação, e foi um processo intenso. Chegamos em um resultado que me deixou muito feliz e me rendeu o prêmio de Melhor Atriz no First Glance Film Festival, além do prêmio Melhor Filme para o VIEW. Sou muito grata por essa oportunidade ao canal TNT e ao diretor generoso Gabriel Galindo.

Por falar em filme, ano passado você participou de “Amor Sem Fronteiras” ao lado de Luana Piovani. Foi seu primeiro filme de grande destaque nas telonas? Como foi a experiência? Na verdade o “Amor Sem Fronteiras” foi meu quarto longa no cinema. E foi também o grande divisor de águas da minha carreira. Trabalhar com os gigantes do cinema me ajudou muito a aprender mais sobre a área e o profissionalismo do ofício, além da generosidade dos atores, Luana é minha mãe até hoje, me ensinou muito sobre cinema! E agora vamos trabalhar mais uma vez no cinema, vamos rodar “Maior Que o Mundo”!

Esse ano ainda vem “A Casa de Cleo” e “Com Quantos Caracteres Se Escreve Amor”. Seu foco tem sido cinema ou as coisas foram acontecendo? Conta um pouco desses novos projetos. Desde que sai da “Malhação” só fiz series e cinema. As coisas foram acontecendo pra essa lado naturalmente, mas hoje eu realmente direciono. Cada filme novo eu me apaixono mais pela sétima arte. E agora que eu também tenho a produtora de filmes, em parceria com Dani Tupinambá, só penso cinema. “Casa de Cléo” lança ainda esse semestre. Fazia tempo que não fazia drama. Foi um trabalho desafiador e intenso. Agora eu estou ansiosa para rodar “Com Quantos Caracteres Se Escreve o Amor” vai ser um filme leve e divertido.

E no Globo Play você está com a personagem Carolina em “Põe na Conta”. O que te instiga mais como atriz e trabalhar esses diferentes formatos? Eu acho muito interessante quando um novo formato surge. São mais possibilidades de trabalhos para nos atores. O próprio VOD gera muita oportunidade interessante. Carolina foi uma participação especial e um presente pra mim. Foi muito divertido fazer! O que me instiga é entender a obra num todo para poder entender o que é a minha personagem naquela história!

O fato de ser youtuber te ajuda de que forma? Como tem sido o retorno? Eu sou uma atriz que tenho canal no YouTube. E eu sempre amei compartilhar tudo, desde pequena. Ter o canal me ajuda a me expressar e fazer uma parte na mudança gigante que ocorre todos os dias no mundo! O retorno é muito especial. Eu leio TODOS os comentários nos canais e fico feliz com o feedback e também me ajudam a crescer.

Você é uma digital influencer com 3 milhões de seguidores. O que facilita chegar a esse número e o que pode pôr tudo à perder? Eu estou nas redes sociais desde 2009. Acho que o tempo ajuda, o fato de fazer várias participações em outros canais, faz a sua base de audiência aumentar também. Acho que você põe tudo a perder quando você abandona seu público. Precisamos estar ativos e presentes.

Hoje em dia muita gente sonha e batalha para ser um digital influencer de destaque. Que dicas você daria a quem está começando? Ser sempre você, autêntico, diferente. Todos somos únicos e é isso que procuramos no outro. E também se importar com o conteúdo que pretende compartilhar e qual o propósito dele! A gente não pode fazer as coisas só por fazer, precisamos de um conceito primeiro.

Que critérios uma empresa deve ter ao procurar contratar um digital influencer hoje em dia? Primeiramente checar a audiência. Algumas marcas chegam até mim e não tem nada a ver com meu propósito. E hoje em dia tem tantos influenciadores que é fácil procurar um que realmente use e se enquadre com seu produto!

Com a popularidade das redes sociais o fato de estar ou não na TV é relevante hoje em dia? O que você acha? Não existe ser relevante. Para o ofício do ator qualquer trabalho que seja interessante e faça seu coração vibrar você tem que fazer, independente da exibição. O fato é que a popularidade na internet hoje pode ser conquistada através de diversas coisas e não apenas por estar na TV.

Aos 23 anos como você se ver como uma influencer? Que cuidados você tem hoje em dia que não pensava tempos atrás? Todos somos influenciadores. Qualquer ser humano influencia outros através de suas atitudes! Eu só me preocupo, por atingir muitas pessoas, quais conteúdos são mais relevantes e positivos! Hoje aos 23 anos eu tenho cuidados em me profissionalizar. Montei uma equipe com 10 pessoas e todas me dão suporte para continuar criando e compartilhando esses conteúdo.

O assédio aumenta mais com a exposição das redes sociais ou da TV? E como você lida com isso? Eu não sei como medir isso. As pessoas quando me encontram elogiam o meu trabalho, eu fico muito feliz com comentários desse tipo! Gosto sempre de conhecer quem é o público, gosto de perguntar da onde me conhece. Conheço muitas pessoas legais.

O que os caras da sua idade estão dando bola fora na hora de conquistar uma garota? Sendo imaturos. Hoje em dia todo mundo se conhece, aí o mesmo cara já ficou com mais de 3 da galera. Eu não curto isso!

Você se acha vaidosa? Faz mais o estilo sexy ou despojada? Nem um pouco! Quase nunca vou ao salão e não costumo praticar rituais de beleza! Sou mais despojada, amo calça jeans e calças confortáveis!

O que te diverte e distrai nas horas vagas? Assistir alguma coisa que eu goste no cinema, vídeos na internet ou ligar pra algum amigo (risos).

O que curte ler, ver e ouvir? Tudo que me inspira a ser melhor e evoluir. Livros gosto muito, leio um por semana, principalmente sobre Mindfulnes. Sou viciada em cinema e séries.

Para conquistas Gabi basta… Ser gentil, empático! 🙂