A bela Robertha Portella apareceu na TV como uma das bailarinas do Faustão, onde aprendeu a ter disciplina e mais profissionalismo. “Me orgulho muito de ter feito parte do ballet do Faustão, adquiri muita disciplina com eles”, comenta Robertha.  De lá pra cá sua trajetória tem sido marcada por ótimas oportunidades de trabalho como atriz, os quais ela tem agarrado com unhas e dentes. Superando alguns preconceitos, Robertha traz no currículo alguns trabalhos na Record e agora voltou à Globo no horário nobre interpretando a personagem Ariadna na novela “Segundo Sol”.

Depois de 6 anos você está de volta à Globo. O que isso representou para você? É uma realização de um sonho, um estímulo pra alcançar cada vez mais.

Como foi estrear no horário nobre em uma novela de sucesso? Que preparação você teve? Me preparei com a minha Coach Fernanda Guimarães. É muito bom estar perto das grandes estrelas nessa novela, eu aprendo todos os dias com eles e isso só seria possível estando no melhor horário da televisão brasileira.

Contracena com alguém que você já admirava muito na TV? Adriana Esteves, que além de minha ídola maior, é uma colega de cena generosa e muito querida.

Você participou de algumas novelas de época na Record. Fazer uma obra contemporânea é um novo desafio para você? Com certeza, poder falar sobre o cotidiano, falar com gírias atuais é uma novidade e eu estou gostando bastante.

Você apareceu na TV como bailarina do Faustão e foi conquistando seu espaço como atriz. O que é mais difícil nessa conquista? O preconceito que se tem quando migra de uma área pra outra. Me orgulho muito de ter feito parte do ballet do Faustão, adquiri muita disciplina com eles.

A beleza abre portas mas às vezes atrapalha. Já sentiu isso na pele? Como lidou? A beleza abre portas e só atrapalha se você não souber falar quando abre a boca. E graças Deus isso nunca me aconteceu, então não me atrapalha.

Esse novo trabalho te deu alguma nova perspectiva do que você quer como atriz? Sim! Me deu ânimo e vontade de aprender muito mais.

Sua personagem, Ariadna, uma das “garotas de Laureta”, tem um apelo sensual e mais provocante. É mais divertido de fazer? Como tem sido interpretar a Ariadna? Não sou tão vaidosa quanto Ariadna. Ela tem me feito andar com esmaltes coloridos, cabelos modelados e me fez perder uns 4 quilos pra interpreta-la! Todo personagem é sempre um desafio muito gratificante.

Falando em redes sociais… como você lida com isso? Críticas e elogios te tocam como? Eu sou péssima pra isso, eu não consigo ler algum insulto sem imediatamente bloquear a pessoa. Críticas ok. Palavras de baixo calão não são elogios pra mim, então bloqueio também. Paciência zero pra falta de educação e discernimento.

Falando dessa pegada mais sensual da personagem… E quando você quer seduzir, que “armas” usa? O que é tiro e queda? O olhar diz tudo. Um perfume marcante também ajuda (risos).

É muito vaidosa? Como se cuida e qual seu ponto fraco? Não sou vaidosa, me cuido para os personagens, mas qualquer folga que tenho não passo nem perto de maquiagem e uso as roupas mais largas que eu puder.

Está solteira? Estou conhecendo alguém melhor, não definimos namoro ainda… Aquele início que ainda não se sabe pra onde vai (risos).

O que te atrai em um homem? O que me atrai é a educação, um bom humor e uma boa dose de cultura.

Nas horas vagas o que curte para relaxar? Praia vazia, um vinhozinho e boa música.

Para dormir prefere… Camisola de seda.

E para beber vai um (a)… Vinho bom, honesto.

Não resiste a um… Pedido de criança.