Nossa estrela dessa semana tem se destacado na TV com sua nova personagem, Vera Lúcia em “O Tempo Não Para”. Talita Younan emplaca sua segunda novela trazendo uma personagem mais moleca, sexy e cheia de atitudes. Para Talita “Vera Lucia trouxe outros conflitos e relações e acabou ficando bem diferente da Katarine. Ela me permite usar meu lado cômico, eu me divirto e brinco muito em cena. A inspiração vem de um conjunto de pessoas”. E nós ficávamos só babando ao vê-la na TV, até que surgiu o convite para essa capa na MENSCH. Vamos lá, curta, apaixone-se por essa atriz cheia de graça e talento.

Talita, sua transformação (visual e atitude) para esse novo papel, a Vera Lúcia em “O Tempo Não Para”, foi tão grande que de primeira quase não enxergamos a Talita que estávamos acostumados. Como está sendo para você? Desde o primeiro momento que olhei no espelho eu adorei. Antes de pintar achei que ficaria estranho, porque meu cabelo era virgem e muito, muito escuro. Quando pintei fiquei apaixonada. Acho que era o que faltava pra Vera Lúcia. O cabelo loiro combina muito com a personagem que é vaidosa, quer “causar”, tem ousadia. Eu Talita não sei ainda se vou continuar com os fios claros, precisam de muito mais cuidados que o escuro, mais dedicação, mas para a personagem foi essencial. Já tô com vontade de mudar de novo. Cortar curtinho, não sei… gosto de mudar para personagens, é bom que cada uma tenha sua carinha e personalidade.

Quais os desafios ao interpretar Vera Lúcia? O que ela te trouxe de novo? De onde veio a inspiração? Vera Lúcia é totalmente diferente de mim. O grande desafio no início era diferenciar ela da k1 que foi minha última personagem em “Malhação”, porque elas tinham uma energia elétrica meio parecida. Vera Lucia trouxe outros conflitos e relações e acabou ficando bem diferente da Katarine. Ela me permite usar meu lado cômico, eu me divirto e brinco muito em cena. A inspiração vem de um conjunto de pessoas. A Veroca é especial pra mim porque é uma mistura de meninas que conheço, no bairro da minha vó e na minha antiga escola tinham várias Verinhas espalhadas. Juntei um pouquinho de cada, mais filmes, intuição e o resultado é essa maluquéti!

Já se adaptou a ser a mais nova loira do pedaço? Já me acostumei sim! Não é toda roupa que combina e nem penteado, então tive que ir aprendendo e testando.

Ela tem um tom mais sensual. Você se acha sexy? Quando? Nem um pouco. Sou muito moleque. Criançona. Em raríssimas exceções eu me vejo no espelho e penso: ok, estou sexy. Esse é mais um dos desafios que tenho com a Vera Lúcia, eu tenho que procurar em algum lugar dentro de mim essa sensualidade. Ouço músicas antes de entrar em cena que estimulam esse lado em mim.

Falando nisso… na hora da conquista que “armas” usa? Bom humor e simpatia sempre. Olho no olho é muito importante, não gosto de pessoas que desviam olhar. Sorrisos não podem faltar!

Suas personagens têm sempre um “q” de sedução, isso vem de você naturalmente? Se acha uma sedutora? Não sei o porquê (risos). Engraçado isso, porque na vida não sou nem um pouco sedutora. Sou super moleca! O trabalho do ator é maravilhoso por isso, permite que vivamos coisas que jamais viveríamos. Pessoas, personalidades e histórias que são diferentes de nós.

Gosta do que vê no espelho? Alguma “preferência”? (risos) Gosto! Sou feliz com meu corpo. Claro que sempre dá pra melhorar um pouquinho, mas sem neura. Gosto do meu sorriso.

É muito vaidosa? Até que ponto? Do que não abre mão? Pouco. Minha mãe diz que devia ter nascido menino. Hoje não abro mão da minha hidratação no cabelo semanal e nem de perfume. Sou alucinada por cheiros. Creme corporal, perfume, hidratante facial. Tenho coleção de perfumes!

Qual seria uma incompatibilidade para um relacionamento? O que te desagrada e atrai? Jamais namoraria um homem que não respeita minha opinião e história. Me atrai pessoas espiritualizadas, de coração grande, divertidas.

Falando nisso, o que te numa paquera ou início de namoro? Onde eles acertam e erram? Surpresas! Ligações inesperadas, mensagem sem hora, bombom depois da briga. Acho que hoje em dia falta um cuidado especial de ambas as partes. Tudo vem muito fácil e por isso vai muito fácil. Temos que viver cada etapa de um relacionamento, cada momento lembrar que é importante, o porquê de estarem juntos, tem que ter um propósito, senão não vale à pena.

Como seria um final de semana perfeito? Seria em Presidente Prudente, minha cidade natal, com minha família e amigos reunidos. É sempre muito bom estar com eles. Pra mim é o melhor lugar do mundo!

Sempre em ritmo acelerado, quando quer relaxar o que você mais curte fazer? Curto ir ao cinema, fazer maratona de filmes, colocar música alta em casa e dançar sozinha.

Para dormir prefere… o mais escuro possível!

Não resiste a um(a)… chocolate ao leite.

Qual seu maior pecado? Sou dorminhoca!

Conquistar Talyta basta… sorrir. Amo pessoas de sorriso fácil. Meus melhores amigos, vem assim.

Fotos Adalto Jr

Make Heberson de Souza

Styling Paulo Zelenka