É inegável que o homem moderno está cada vez mais preocupado com sua alimentação e também conta com um paladar cada vez mais apurado. Foi-se o tempo em que o gosto masculino se resumia apenas a petisco, leia-se fritura, e uma cerveja gelada. Bem, é importante deixar claro, que este menu, nunca estará dispensado, porém, já é possível perceber que um prato bem elaborado e equilibrado pode fazer toda a diferença em um almoço do cotidiano ou em um jantar a dois.

Visto isto, aqui na MENSCH, ano passado quando fizemos um pequeno tour gastronômico por São Paulo, aonde pudemos mostrar dos restaurantes mais badalados aos menores e charmosos.  Deste modo, nada mais justo que da uma esticadinha para outras capitais do Brasil, sendo assim, vamos conhecer um pouco da culinária de Recife, um dos maiores pólos gastronômicos do país. Vamos começar por cinco deliciosos restaurantes.
O It é um dos lugares mais badalados da cidade, com um design muito interessante, conta com uma mesa única com capacidade para 45 pessoas, um clima descontraído e ao mesmo tempo aconchegante, boa música, e é claro, ótima comida. O local é capitaneado pelo chef Kiko Selva, que nos contou que a receita para um bom restaurante é a presença constante do chef e dono do restaurante, que deve amar o que faz, porque isto faz toda diferença no final. Seguiu relatando que procura não rotular o seu publico e também há pratos bem elaborados para todos os bolsos.
A culinária é definida como contemporânea e o cardápio foi concebido de forma diversificada, onde você pode ir ao restaurante em busca de uma variedade de saladas leves, chamadas de SPA, como também em busca de pratos mais elaborados com um toque refinado. Para o Jet set do mundo corporativo, que precisa almoçar todos os dias perto do escritório, há o menu FAST TRACK IT, com cara de comida caseira, onde o cliente escolhe uma proteína e mais quatro acompanhamentos, tendo um prato saboroso e um custo x beneficio fantástico.
Como sugestão, temos o medalhão de filé mignon ao molho leve de dijon com risoto de parmesão e a torta de nega maluca de sobremesa. A proposta do It está linkado a grife Dona Santa/Santo Homem, não é a toa que se encontra anexado a loja, o que o torna cenário para constantes eventos e procurado por personalidades conhecidas no cenário nacional que procuram um bom drink ou uma comida impecável.
Site:

www.donasanta.com.br/it.php

O restaurante é um espaço que agrega comida e arte, promovendo exposições, lançamentos de livros, poesia, música e artes plásticas. O local recebeu este nome, pois as obras e a história do artista Salvador Dalí contagiaram a chef e proprietária, Christina Nunes. “Ele também teve uma ligação forte com a culinária e isso me motivou a escolher o nome do meu restaurante.”, explica Christina, que inaugurou o empreendimento há dois anos no coração do bairro do Derby, área central da cidade.
O espaço funciona como um bistrô, instalado numa charmosa casa da década de 30 que ainda exibe formas e arquitetura originais. Já o cardápio foi todo pensado na cozinha mediterrânea, a mais universal do mundo, apresenta um menu com pratos variados que agrada a todos os paladares: saladas, carnes, aves, massas e frutos do mar, sem esquecer das tradicionais iguarias espanholas, como por exemplo, a Paella e as famosas Tapas.
Por lá também encontramos excelentes rótulos de vinhos, champanhes e espumantes, além de sobremesas especiais elaboradas com exclusividade pela casa. O Dalí é ideal para uma refeição a dois, almoço de negócios ou happy hour com amigos.

Site:
http://dalicocina.com.br/

 

O Nikko foi uma boa surpresa na cidade e conta com uma inovadora culinária japonese fusion, sem duvida uma comida japonesa feita com capricho e arte, diferenciando-se dos tradicionais casas de sushis que perderam a identidade da culinária oriental, sem a preocupação com o bom gosto.
Os pratos impressionam pela criatividade e beleza, chegando por lá, não deixe de experimentar o Ebi Nkko Maki, que é um salmão recheado com camarão empanado, crean cheese, no maçarico aos três molhos, o Salmon Oyster Sauce, que são laminas de salmão flambadas e regadas com Fushimi’s oyster sauce, é também os sashimis de camarão, polvo e lagosta.
Há também opções de pratos quentes e saladas, sempre com um toque apimentado. O local é moderno, confortável e amplo, contando também com uma área externa que é ideal para fumantes. Já nas sextas e sábados há DJ  comandando o som ambiente. É ideal para tomar um drink e beliscar alguma coisa antes de ir pra balada.

 

Site:
O restaurante Beijupirá na realidade fica localizado em Olinda, cidade vizinha do Recife, porém não podíamos deixar de citar um local que além de tão pertinho, possui tanta beleza natural. Para ser mais exato o restaurante está localizado no módulo 2 da Pousada do Amparo (por trás da Igreja da Academia Santa Gertrudes) e fica aberto diariamente das 12h até o último cliente.
A cozinha criativa e bem humorada do Beijupirá fica a beira do comfort food e utiliza insumos regionais em uma grande mistura. A sócia e criadora do menu, Adriana Didier, afirma que não tem muitas regras na criação dos pratos, o importante é o sabor das coisas e as combinações.
Os frutos do mar são o carro chefe do cardápio. Uma grande variedade de peixes, camarão, lagosta, vôngoles e polvo aparecem em receitas frutadas, que abusam de temperos aromatizados. Um prato muito aplaudido é o beijucanela, que traz o filé de pescada amarela grelhado com canela e temperos indianos, banana flambada e coco ralado, e é servido com arroz de curry e molho de tamarindo. Antes, o cliente pode pedir a porção de rolinho crocante recheado de peixe e geléia de jaca. Se ainda tiver espaço para a sobremesa, sugerimos a Aussuba, que é um crepe de fios de ovos com sorvete de tapioca, calda de mel de engenho e farofa de castanha de caju.
O mais legal é que depois do jantar regado a um bom vinho, você já está dentro de uma charmosa pousada e pode estender a noite um pouco mais por lá, por sinal, dando aquela desculpa da lei seca para sua gata, com a certeza de que um café da manhã caprichado lhe espera no dia seguinte.
Site:

http://www.beijupiraolinda.com.br/home.html

 

Localizado no bairro do Pina em um charmoso casarão, o restaurante Pomodoro Café nos dá a impressão de estarmos numa cantina de uma cidadezinha do sul da Itália. Muito disso se deve à sua decoração com panelas de cobre, relógios antigos, cerâmicas antigas, pratos decorados e objetos pessoais do proprietário criam uma interessante atmosfera o que torna o local muito aconchegante.
Comandado pelo chef Duca Lapenda, o restaurante já foi um dos eleitos da revista Veja como o melhor restaurante italiano da cidade e segue mantendo sua premiada qualidade até hoje. Apesar de ser apontado como restaurante italiano, o Pomodoro Café vai muito, além disso, e traz uma salada de estilos que passam pela cozinha italiana, a francesa e a regional. Tudo isso dosado com muita maestria. Neto de italianos, Duca Lapenda se especializou na cozinha italiana, “…no meu restaurante faço a cozinha tradicional, de cantina”, garante. Sua grande variedade de massas, onde são preparadas artesanalmente no próprio restaurante.
Seu cardápio variado vai da famosa receita da linguiça artesanal com ervas e tomates frescos, que vem acompanhada de pães caseiros até o penne di mare, com camarões e cogumelos frescos ao forno e molho de queijo cremoso. Ou suas deliciosas sobremesas como a carlotta (com bananas caramelizadas, sorvete de queijo do reino) e a banana ganache, que Duca nos passou a receita.
Banana Ganache
Taça de bananas flambadas com ganache de chocolate
Para 1 porção.
50g chocolate  meio amargo
50g de creme de leite
1 colher de sopa de cacau em pó
1 colher de sobremesa de Manteiga de qualidade
1 banana prata ou nanica madura porém firme. Cortada em rodelas de 0,5cm
1 colher de sopa de manteiga p fritar a banana
1 colher de sopa de açúcar
10 ml de conhaque para flambarEm banho-maria aqueça o creme e derreta o chocolate. Homogeneíze e acrescente a manteiga. Então retire do calor e homogeneíze e reserve em tem ambiente. Frite a banana na manteiga com o açúcar, coloque o conhaque e flambe  até apagar o fogo, coloque em uma taça, cubra com a ganache de chocolate polvilhe cacau em pó e sirva.

E bon apetit!!
Acompanhe a MENSCH
também pelo Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, Baixe agora Na
App Store , é grátis:
http://goo.gl/Ta1Qb