Para quem curte automobilismo o 61º Porsche Driving School foi um prato cheio, reuniu mais de 150 automóveis da marca no autódromo de Interlagos, em São Paulo, nos dias 8 e 9 de março. Eram modelos contemporâneos, carros clássicos, superesportivos e séries especiais. O encontro abriu a temporada de eventos do Porsche Club Brasil em 2019 e também o campeonato Porsche Club Cup, disputado pelos proprietários de carros Porsche.

A lista de inscritos para a prova Flying Lap, cujo resultado é definido pelo melhor tempo de cada concorrente após três voltas no traçado, foi ilustrativa do sucesso do evento: 94 participantes. Os estreantes tiveram um curso de pilotagem ministrado pelos instrutores Maurizio Sala, Marcelo Maiolli, Rodrigo Hanashiro e Beto Gresse. Divididos em três turmas, os pilotos tiveram três sessões de treino na sexta-feira e duas no sábado antes de entrar na pista para a Flying Lap.

O sábado teve atrações extras. Uma delas foi a exposição de Porsches clássicos, com mais de 30 automóveis. Os convidados puderam apreciar Porsches 911 de diversas épocas, desde um 911S de 1968 até um 911 Turbo S Exclusive Series de 2018 – somente cinco deles vieram para o Brasil. Também estavam presentes um Porsche 944 (um dos primeiros carros da marca a ter motor dianteiro refrigerado a água) e dois 356. Um destes, modelo 1964, recebeu o troféu Porsche Classic, concedido pelo júri do Porsche Club Brasil ao exemplar considerado destaque da exposição. E, como referência à passagem do Dia Internacional da Mulher (8 de março), Bia Figueiredo, piloto brasileira que disputa a Stock Car e o campeonato de endurance da IMSA nos Estados Unidos, deu uma palestra sobre o empoderamento feminino nas pistas. A presença das mulheres foi reforçada pelo grupo Lady Drivers, cerca de 40 mulheres que tiveram um horário especial para andar no traçado de Interlagos.

Nos lounges montados pela Stuttgart Porsche, destacavam-se o Macan e o Panamera Sport Turismo Turbo S E-Hybrid, dois dos modelos de maior sucesso da atual linha Porsche, e os superesportivos Carrera GT e 918 Spyder. No final da programação, todos os Porsches presentes ao autódromo foram convidados para a Porsche Parade (duas voltas em ritmo moderado por um carro-madrinha), realizada antes da cerimônia de premiação aos vencedores das oito categorias.

Com os resultados da prova Flying Lap, a equipe Hipermod começa o ano na liderança da Porsche Club Cup com 34 pontos, seguida de perto pela Eagles (33,5) e Aquila Racing (30). As equipes Pôneis Malditos (23), Os Porscheiros (19) e T-GT (12,5) completam as seis primeiras colocações na tabela de pontuação. Além do campeonato de equipes, estão em disputa a Porsche Racing Cup (campeonato individual de pilotos) e os troféus Vintage Racing (para participantes com 50 anos ou mais) e Ladies Cup (mulheres).