São João, São Pedro e Santo Antônio compõem a tríade de santos católicos festejados no mês de junho. Graças a eles o Nordeste vira um grande arraial com matutos e matutas, quadrilhas, fogos, forró, bandeirolas, balões (só os de enfeites que os de verdade são proibidos, heín?!) e muita alegria ao som da sanfona, do triângulo e da zabumba. Paraíba e Pernambuco disputam ferozmente a preferência dos turistas na  busca pelo melhor arraial tendo a frente as cidades de Campina Grande e Caruaru. Uma tem o título de Maior São João do Mundo e inaugurou o período de 30 dias de festa, a outra tem o título de Capital do Forró e inventou formas pra lá de criativas de fazer quadrilhas. No final das contas, ou melhor, da matéria, você vai ver que, escolhendo uma ou outra, o seu São João será inesquecível! Confira o roteiro que a MENSCH preparou para você curtir o melhor das festas juninas.

CAMPINA GRANDE

Campina Grande fica na Paraíba, tem cerca de 400 mil habitantes e uma localização privilegiada: distante cerca de 120 km da capital João Pessoa ,  a 240km de Recife, capital de Pernambuco e quase 150km de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Conhecida como Rainha da Borborema por estar situada na serra de mesmo nome, Campina é também um importante pólo industrial abrigando  indústrias como São Braz e Alpargatas e pólo universitário, recebendo estudantes de todo o país principalmente para os cursos de engenharia conhecidos por sua excelência. No São João Campina Grande se transforma em um grande arraial e o forró passa a ser o hino da cidade. Todos os negócios se voltam para os festejos juninos que movimenta a economia da cidade e faz sua população praticamente triplicar.
Tem forró pra todo gosto: universitário, tradicional e estilizado, tem apresentação de quadrilhas e fogueiras na rua, sim, a cidade, mesmo tendo crescido, tem mantido a tradição da fogueira em frente as suas casas na véspera de São João, como Maria Isabel fez para avisar a sua prima Maria o nascimento do seu filho João Batista, que mais tarde viria a batizar nas águas do rio Jordão o seu primo Jesus. Para brincar de dia tem a Vila Forró há 5km de Campina Grande a Vila é um grande estrutura para 15 mil pessoas com 02 palcos, sendo um para grandes bandas e outro para trios de forrozeiros, além de uma réplica de cidade do interior onde funcionam as lanchonetes par a manter os matutos e matutas abastecidos e bem alimentados.
Tem também o tradicional Bar do Cuscuz, em frente ao Açude Velho, um dos pontos turísticos da cidade e o Sítio Vila São João, uma grande montagem cenográfica em tamanho natural de um vilarejo rural dos séculos XIX e XX. Além de conhecer a realidade das vilas de antigamente o turista ainda pode dançar muito forró com as apresentações que acontecem diariamente durante o período junino.
E pra quem quiser fazer uma passeio diferente tem o Trem do Forró que leva passageiros de Campina Grande para Galante. O Trem do Forró parte da Estação Velha em Campina Grande, às 10h, com destino ao distrito de Galante, onde os passageiros encontram um ‘arraial’ bem original, o percurso é realizado em uma hora e quinze minutos, tempo suficiente para que o passageiro inicie um aquecimento dançando forró até a hora do desembarque. Uma novidade no São João 2011 de Campina grande é o “Forró de Fora”. Esse será o Point dos turistas nas tardes dos fins de semana do mês de junho. Estrutura montada no Bar Estação da cachaça (Estação Velha), com bandas locais de forró estilizado e universitário.
Para brincar a noite tem o Parque do Povo e o Spazzio O parque do Povo possui uma área de 42 mil e 500 metros quadrados situada no centro de Campina Grande, é lá onde acontecem vários eventos da cidade, mas sem dúvida é no São João que a coisa esquenta. Um dos grandes baratos da cidade é sem dúvida o clima de grande arraial, a decoração espalhada por todos os cantos e a alegria em receber os turistas.
Como chegar:
– Aeroporto Presidente João Suassuna (Campina Grande) Av. Uberaba s/nº (Distrito Industrial) – Tel: (83) 3331-1149
– Aeroporto Internacional Castro Pinto (João Pessoa) Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, s/nº (Bayeux) – Tel: (83) 3041-4200 – www.infraero.gov.br
– Terminal Rodoviário Argemiro de Figueiredo – Rua Eutécia Vital Ribeiro, s/nº (Catolé) – Tel: (83) 3337-3001
Programação oficial Campina Grande: http://www.saojoaodecampina.pb.gov.br/2011/
Para mais informações:
http://www.sitiosaojoao.net
Caruaru é chamada de princesa do Agreste por estar localizada no chamado Vale do Ipojuca , no agreste pernambucano, distante 130 km da capital Recife. Com cerca de 290 mil habitantes Caruaru se destaca como o mais importante pólo econômico, acadêmico e cultural da região, pois além de universidades e faculdades abriga o maior Centro de Artes Figurativas da América Latina, o Alto do Moura onde está localizada a casa-museu do Mestre Vitalino. Eterna rival de campina Grande no período junino Caruaru é destino certo para quem quer cair no forró de dia e de noite com muita animação.
O Alto do Moura e o Pátio do Forró são os principais endereços para o forrozeiros de plantão, além… O Alto do Moura é pra quem acorda cedo e quer curtir o forró à luz do dia. Lá o turista encontra o museu de Mestre Vitalino, muito artesanato de boa qualidade e muito, muito forró puxado por trios tradicionais além de apresentações de bacamarteiros. São vários restaurantes com comidas típicas e apresentações próprias de forró bastando ao turista escolher onde quer arrastar o pé. Distante 7km do centro de Caruaru o acesso é simples com ônibus de linhas tradicionais que fazem o trajeto durante todo o dia.
O Pátio do Forró Luiz Gonzaga recebe as principais atrações do São João, incluindo artistas nacionais e atrações locais. A grande estrutura do Pátio conta com barracas de comidas típicas, restaurantes e forró por todos os lugares. A originalidade toma conta do São João de Caruaru com as “drilhas”, versões inusitadas das tradicionais quadrilhas juninas. As apresentações acontecem no Pátio das Quadrilhas, na Estação Velha e recebem um público de mais de 6 mil pessoas para ver  versões como sapadrilha e trokadrilha entre outras.
E falando em originalidade Caruaru também oferece comidas típicas em versões gigantes! Os turistas podem saborear o maior cuscuz do mundo, o maior pé-de-moleque do  mundo, a maior canjica e por aí vai, o que vale é entrar no clima e se divertir muito no São João sob o brilho dos fogos de artifícios e luz das fogueiras.

Programação oficial Caruaru: http://www.caruaru.pe.gov.br/ Para mais informações: http://www.pernambuco.com/diversao/nota.asp?materia=20110524153040&assunto=169&onde=Ultimas e http://www.aponte.com.br/saojoaodecaruaru/

Como Chegar:

Aeroporto Oscar Laranjeira (Alto do Moura)Av. Santos Dumont, s/nº (Bairro Kennedy) – Tel: (81) 3723-2216 / (81) 8648-3440 / (81) 8628-5060

Terminal Rodoviário de Caruaru
Av. José Pinheiro dos Santos, s/nº (BR 104 – Pinheirópolis / em frente à TV Asa Branca) – Tel: (81) 3721-3869

Indo além de Campina Grande e Caruaru

Para quem quiser buscar alternativas além de Caruaru e Campina Grande, seguem algumas dicas de cidades próximas que também oferecem um São João inesquecível, seja na Paraéba ou em Pernambuco

 

Paraíba
Patos – Há 301km de João Pessoa, Patos, fica no sertão e é conhecida pelo tradicional São João de rua e durante os festejos juninos sua população cresce para 200 mil habitantes. É uma das cidades com maior e melhor distribuição de renda do estado e por isso tem baixos índices de violência. Vale a pena conhecer o São João de Patos. Programação: http://www.patosonline.com/interna.php?modulo=publicacao&codigo=18873
Bananeiras – Localizada no brejo paraibano distante, 141 km de João Pessoa, Bananeiras também tem São João pra ninguém botar defeito e pros mais aventureiros ainda tem inúmeras trilhas ecológicas pra depois de tanto forrozar. Programação: http://www.bananeiras.pb.gov.br/bananeiras/noticias.asp?id=248
Itabaiana – Fica entre o agreste e o brejo paraibano, tem pouco mais de 25 mil habitantes e também faz do período junino uma grande festa. Algo que merece destaque pra esta cidade é que ele é terra do mestre Sivuca, grande músico do nosso país. Vale uma vista aqui: www.sivuca.com.br
Pernambuco
Gravatá – Há 85 km do Recife,  sempre foi parada obrigatória durante o feriado da Semana anta mas de uns anos pra cá é também uma boa pedida durante o feriado junino, recebendo artistas nacionais e regionais fazendo a alegria de quem subiu a Serra das Russas para brincar o São João. Programação:  http://www.prefeituradegravata.com.br/v3/?pg=noticia&id=3685
Serra Negra – Fica no município de Bezerros há 101 km do Recife. O clima naturalmente frio do lugar esquenta  embaixo da grande tenda armada para ser palco do tradicional forró pé-de-serra. Programação: http://bezerrosagora.blogspot.com/2011/06/confira-programacao-do-sao-joao-2011-em.html
Texto: Nadezhda Bezerra
Fotos: Divulgação
Colaboraram com essa matéria:
David Martins
Pedro Batista
Acompanhe a MENSCH pelo Twitter: @RevMensch e baixe gratuitamente no iPad na App Store.