Por Carol Prado / Fotos divulgação

Se você sua a camisa na academia, tem uma alimentação regrada e mesmo assim na hora de fechar o botão da calça aquela gordurinha teima em se mostrar presente, talvez seja hora de você pensar em alternativas fora a dupla academia+dieta. O método mais comum procurado são as lipos, porém alguns procedimentos mais modernos estão se destacando nas clínicas dermatológicas. Trata-se da técnica que envolve uma tecnologia de última geração, o equipamento CoolSculpting® é o mais novo tratamento contra a gordura localizada, que permite eliminar em média 25% da gordura na região tratada, com apenas uma sessão. A técnica pode ser aplicada em diferentes partes do corpo, principalmente em áreas como abdômen, barriga, pneuzinhos e costas. Por meio do congelamento controlado, o tratamento age na quebra das células adiposas, que faz com que os indesejáveis excessos diminuam gradativamente. O método inovador já ultrapassou a marca de 300 mil tratamentos ao redor do mundo, incluindo o Brasil.

A técnica é considerada divisora de águas para a medicina, foi criada e desenvolvida pelo Prof. Dr. Rox Anderson, do Massachusetts General Hospital e professor na Harvard e MIT (EUA), considerado o papa das técnicas a laser e Dr. Dieter Mainstein, do WellMan Center, centro de ensino afiliado à Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Os doutores investigaram o comportamento da gordura sob o efeito do frio. O ponto de partida foram dois artigos publicados em meados da década de 80, onde o primeiro relatava casos de crianças que tomavam muito sorvete e passavam a ter covinhas nas bochechas. O segundo, que cavaleiros de regiões gélidas apresentavam sulcos nas coxas, áreas que ficavam mais expostas ao frio.
O método é simples: o médico marca a área a ser tratada e posiciona o aplicador, que acionado, puxa a gordura para dentro da peça, resfriando-a rapidamente até uma temperatura abaixo de zero, por uma hora. Para uma proteção adicional da pele, uma película de gel protetora é utilizada para envolver a região a ser tratada. Conforme o Dr. Fred Aslan, Presidente da Advance Medical, empresa responsável pela tecnologia e comercialização do equipamento no Brasil, a técnica não danifica a epiderme ou outros órgãos próximos. “Nesse novo tratamento ocorre à indução a apoptose dos adipócitos, uma forma menos agressiva de eliminar essas células de gordura, que são gradualmente removidas pelo organismo, sem prejudicar o metabolismo dos pacientes”, explica Aslan.

 

COMO OCORRE A CRIOLIPÓLISE
O procedimento é simples, totalmente não invasivo, mas requer que seja feito junto a um médico, com consulta e acompanhamento pré-diagnóstico, mantendo cuidados já habituais de profissionais da saúde. As contraindicações são para os pacientes com hérnias umbilicais ou que tenham passado por cirurgias recentes. Outra exceção são àqueles que têm crioglobulinemia (altíssima sensibilidade ao frio).Entre outras curiosidades dessa técnica, foi a forma como o equipamento recebeu aprovação da FDA (Food and Drug Administration). Os estudiosos desenvolvedores da técnica comprovaram a eficácia do tratamento, usando apenas pacientes masculinos. Cada um deles, durante análise da agência, tiveram um dos lados (pneuzinho) tratado com o aparelho. Logo nas primeiras oito semanas, após a primeira sessão, o lado tratado reduziu visivelmente de tamanho, enquanto o outro manteve a forma original. Aqueles que receberam uma segunda sessão, o padrão se repetiu. Por esse detalhe e tantos outros que envolveram os critérios rigorosos da agência, CoolSculpting® obteve aprovação.
Por não ser invasivo, não lesionar nada no organismo do paciente e acionar eliminação natural da gordura excedente, o tratamento não necessita de repouso.  “Alguns pacientes podem sentir desconforto, principalmente, no início da sessão, já que o equipamento exerce uma sucção, um beliscão, quando CoolSculpting® é acionado. Mas todos os sintomas como formigamento e sensibilidade na região somem nos dias seguintes”, aponta o Dr. Aslan, que completa “Mesmo com resultados satisfatórios, é recomendável retornar ao seu médico após o procedimento, para que a evolução do tratamento seja melhor observada”.Veja o vídeo:

A técnica de criolipólise já está disponível em oito capitais brasileiras, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e Brasília. O Prof. Dr. Rox Anderson aponta que o método pode ser utilizado por pessoas que estão próximas do peso ideal e também para aqueles que têm uma alimentação e estilo de vida saudáveis.

Site oficial:

www.coolsculptingbrasil.com

 Acompanhe a MENSCH no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face: RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb