Desbravar o universo das redes sociais nem sempre é um caminho fácil, e nossa entrevistada Fabiana de Oliveira, paulista de 36 anos sabe bem disso. Na sua trajetória, morou por um tempo em Brasília e Rio de Janeiro, até que foi morar no interior de São Paulo, em Piracicaba, que escolheu para construir sua vida. Formada em Publicidade, juntamente com o marido, Renan, abriram juntos a MKT bprc& Co., uma agência de marketing, em 2010. Sua experiência em trabalhar na DASLU, loja luxuosíssima que atendia a elite brasileira, em São Paulo, fez Fabiana perceber de uma forma diferente e inovadora o modelo de relacionamento entre marca e cliente, coisa que aplicou na MKT bprc & Co.

Por outro lado, a gravidez de sua filha Cecília há dois anos, experimentou o “lado B” da comunicação, Fabiana começou a se aventurar no Instagram oficialmente com um olhar sobre a conexão marca-pessoa, onde a importância da família para criar memórias e construir laços para o futuro, se torna o ponto de partida para as ações. Nessa tendência de comportamento um novo propósito nasceu e a ideia de ajudar mulheres desmistificando a maternidade para se reencontrarem e poderem levar uma vida mais leve resignificou a entrega de conteúdos. Por essa proposta diferenciada, empresas como Danone, Philips Avent, Lojas Swift, Beleza na Web & BeautyBox, Droga Raia, Unilever (Omo + Comfort), Americanas.com e outras, estão entre os anunciantes.

Fabiana conta um pouco da tua trajetória até aqui? Sabemos que você é de São Paulo, morou em Brasília e Rio de Janeiro, e hoje em dia mora em Piracicaba. O que ficou dessas andanças todas de vida? Comecei a trabalhar bem cedo, aos 17 anos e de lá pra cá foram várias experiências em diversas áreas de atuações até me encontrar na comunicação de grandes marcas. Estudado publicidade conheci o meu marido e criamos a nossa empresa, a MKT bprc&Co. e desde então trabalhamos juntos, o que eu adoro. Viver em vários lugares tem vantagens e desvantagens. A pior parte é deixar de conviver com os amigos a cada mudança, mas conhecer lugares novos, culturas diferentes, gastronomia, fazer sempre novos amigos, ter a chance do recomeço são um privilégio. Trago comigo um pouco de cada lugar que vivi e tenho certeza que também deixei um pouquinho de mim também por lá.

Como surgiu a ideia de abrir a MKT bprc& Co.? Eu e o Renan já trabalhávamos na área há muito tempo. Como nos conhecemos na faculdade, resolvemos unir forças, largar o que fazíamos e naquele momento mesmo resolvemos empreender juntos.

A experiência de trabalhar na DASLU, que atendia um público A e vendia luxo, te deu base para trabalhar melhor o relacionamento marca + cliente de que forma? Sim. A DASLU tinha um jeitinho muito especial de tratar as clientes, onde cada cliente se sentia único! Com certeza é uma marca que deixou muitas saudades para os seus clientes. O Cliente entrava na loja como amigo e se sentia muito confortável, à vontade tanto com as vendedoras quanto com os
outros clientes que frequentavam a loja. Essa filosofia de atendimento e relacionamento mais estreito com o cliente eu trouxe pra minha vida e pro meu trabalho.

Coisa que você aplica bem na MKT bprc& Co. e no seu trabalho como influencer. Como você enxerga isso no dia-a-dia? Eu trouxe pra agência esse tipo de atendimento ao cliente, mais íntimo, mais pessoal, onde o foco é construir bons relacionamentos. Não somos só uma agência de marketing, somos uma parceira de negócios. Nossos clientes não se preocupam só com a campanha de publicidade porque a gente entra a fundo nos negócios e quando eles querem expandir, debatemos juntos todos os pontos, prós e contras, investimentos, participamos de todas as decisões e isso é um grande diferencial. Brinco até que somos sócios sem participação dos lucros. Tanto como empresária quanto como influencer, criar o relacionamento é meu foco, tento construir relações. No instagram acabo ficando amiga das minhas seguidoras, os bate papos acabam ficando íntimos. Falo de criança, alimentação, dos perrengues do dia a dia como estar cansada e com sono, se minha filha acordou gripada, se está mais sentida naquele dia…me mostro como uma pessoal real onde as pessoas se sentem à vontade para falar também. Minhas seguidoras sabem que sou uma pessoa com quem elas podem contar e isso funciona tanto na MKT como no instagram.

Sendo uma mulher do marketing, como você enxerga o mercado no momento atual onde o digital ficou mais presente e fundamental no mundo com a pandemia? O digital sempre foi muito presente e fundamental.  O que mudou foi o olhar das pessoas. A pandemia uma aceleração do olhar das pessoas, um amadurecimento. Antes, quando você falava que fazia home office muitas pessoas te olhavam torto. Dava uma sensação de ser pejorativo, de falta de compromisso. A pandemia obrigou um número enorme de pessoas no mundo a trabalhar em home office e as pessoas aprenderam a trabalhar assim e a enxergar esse tipo de trabalho de forma diferente. Ao mesmo tempo que a pandemia limitou os deslocamentos físico, ela trouxe uma liberdade geográfica. A pandemia forçou as pessoas a se desconectarem do espaço físico e interagirem muito mais no digital.

Você faz um trabalho forte nas redes sociais, como ser mais assertivo e menos oba oba de internet? É uma questão de equilíbrio. Não tem como ser um canal só de oba oba, vazio, mas também só de conteúdo mais pesado, que acaba ficando maçante, cansativo. Parece clichê, mas você tem que entender com quem você está falando, qual o idioma que aquela pessoa entende, qual a leitura, a forma de entender da sua audiência? Eu, por exemplo, mudei totalmente o meu instagram pra falar de maternidade, então eu preciso conhecer o que uma mãe, uma família, busca. E é isso que eu tenho que entender e entregar. Hoje em dia tem vários sites que você pode fazer pesquisas de tendências e mercado por nicho e isso me ajuda a me nortear. Fora isso, as experiências pessoais são super importantes, muitas seguidoras já passaram pelo que estou passando, outras ainda vão passar.

Você trouxe para seu instagram sua vida real, tais como seu trabalho como mãe e até superação de problemas de saúde. Cada vez mais as pessoas querem pessoas e experiências reais? Menos glamour e mais a realidade das pessoas. Como dosar isso? Sim, cada vez mais os seguidores querem pessoas com as experiências reais. A pandemia mostrou isso pra gente. Saímos de uma era de blogueiras ostentação, que acabaram ficando sem conteúdo com o fim de festas, viagens, compras para postar e começaram a falar do seu dia a dia, mostrar coisas simples, reais, falar dos seus medos, seus dias bons e ruins etc. Como dosar… eu acredito que quanto mais realidade mostrar, melhor. Temos
dias de glamour e outros de zero glamour e quando a gente mostra a realidade, de verdade, essa dosagem fica natural, porque todos temos essas variações de momento. Um dia na piscina tomando sol e outro acordando de
madrugada, de cabelo desarrumado e pijama pra ver o bebê que chorou. Uma outra questão importante é termos um olhar crítico para o seu conteúdo e para aquilo que você gostaria de consumir.

Qual o segredo, digamos assim, de se alcançar credibilidade nas redes sociais (especialmente instagram que virou a vitrine da vida real)? Acredito que seja o respaldo, que busco sempre. Eu compartilho muito conteúdo com a minha experiência de mãe, que são importantes e mostram a minha realidade, mas também conteúdos científicos de profissionais gabaritados. Esse equilíbrio é importante.

Como é o processo de construção de um plano de comunicação com foco neste ambiente digital? Como funciona esse processo? Quando chega uma marca pra gente, primeiro temos que entender quem é essa marca e qual o seu objetivo. Uma vez que a gente entenda essas duas questões, conseguimos saber se faz sentido pro nosso tipo de público. Uma vez que esse requisito esteja de acordo, vamos criar o plano de ação, estratégias para atender o cliente. Por exemplo: Uma marca de comida para bebes vai lançar um produto para crianças alérgicas. Vamos montar uma live falando de alergias alimentares em bebes, vamos criai um site falando de alergias alimentares, criar receitas para crianças alérgicas, conversar sobre as dificuldades no dia a dia com essas alergias…e assim vamos introduzindo o produto junto ao público que se identifica com ele.

E como separar o que é trabalho, o que é público e o que é pessoal? Tudo aquilo que envolvem muitos “terceiros” eu costumo guardar no pessoal. Ao meu lado existem muitas pessoas que não são públicas e nem gostariam de se expor. Eu faço esse sempre esse filtro antes de compartilhar algo.

Na hora de relaxar, o que curte na vida real? Amo muito viajar. E na hora de viajar, coloco o celular num canto e vou conhecer tudo de novo que o lugar me oferece.

Quais os próximos passos? No plano pessoal é mais uma gravidez. No profissional é expandir território, principalmente no sul do país, onde temos uma entrada menor e consolidar na América Latina. Desbravar o universo das redes sociais nem sempre é um caminho fácil, e nossa entrevistada Fabiana de Oliveira, paulista de 36 anos sabe bem disso. Na sua trajetória, morou por um tempo em Brasília e Rio de Janeiro, até que foi morar no interior de São Paulo, em Piracicaba, que escolheu para construir sua vida. Formada em Publicidade, juntamente com o marido, Renan, abriram juntos a MKT bprc& Co., uma agência de marketing, em 2010. Sua experiência em trabalhar na DASLU, loja luxuosíssima que atendia a elite brasileira, em São Paulo, fez Fabiana perceber de uma forma diferente e inovadora o modelo de relacionamento entre marca e cliente, coisa que aplicou na MKT bprc & Co.

Por outro lado, a gravidez de sua filha Cecília há dois anos, experimentou o “lado B” da comunicação, Fabiana começou a se aventurar no Instagram oficialmente com um olhar sobre a conexão marca-pessoa, onde a importância da família para criar memórias e construir laços para o futuro, se torna o ponto de partida para as ações. Nessa tendência de comportamento um novo propósito nasceu e a ideia de ajudar mulheres desmistificando a maternidade para se reencontrarem e poderem levar uma vida mais leve resignificou a entrega de conteúdos. Por essa proposta diferenciada, empresas como Danone, Philips Avent, Lojas Swift, Beleza na Web & BeautyBox, Droga Raia, Unilever (Omo + Comfort), Americanas.com e outras, estão entre os anunciantes.