Quando se falava em personalizar um carro não imaginávamos até que ponto seria possível isso. O auge da personalização segundo a Porsche agora é ter a sua digital impressa no capô do carro. Isso mesmo, uma grande imagem da digital do seu polegar. Usando um método inovador de impressão direta desenvolvido pela Porsche, agora elementos gráficos da mais alta qualidade visual podem ser impressos nas partes pintadas da carroceria de um veículo. Inicialmente, os clientes que compram um novo 911 podem personalizar o capô com um design baseado em sua própria impressão digital. A médio prazo, outros projetos específicos para o cliente estarão disponíveis seguindo essa linha.

Este serviço está disponível nos Centros Porsche, que estabelecem contato com os consultores de clientes no Exclusive Manufaktur em Zuffenhausen. Esses consultores discutem todo o processo com o cliente, desde o envio da impressão digital até a conclusão do veículo.

“A individualidade é muito importante para os clientes da Porsche. E nenhum design pode ser mais pessoal do que sua própria impressão digital”, diz Alexander Fabig, vice-presidente de Individualização e Classic. “A Porsche é pioneira em personalização e desenvolveu o método de impressão direta em conjunto com parceiros. Estamos especialmente orgulhosos de ter desenvolvido uma oferta de produto completamente nova com base em novas tecnologias. Um fator chave nisso foram as diferentes disciplinas trabalhando juntas na equipe do projeto.” Para o projeto, uma chamada “célula tecnológica” foi montada na oficina de pintura do centro de treinamento de Zuffenhausen.


Foi aqui que o novo software e hardware, bem como o processo associado de pintura e fabricação, foram desenvolvidos e testados. A decisão de localizar a célula de tecnologia no centro de treinamento foi intencional: entre outras coisas, ela também será usada para apresentar aos trainees as tecnologias pioneiras.

O processo envolve desmontar o capô e passá-lo através de um robô para pintar o desenho antes de aplicar uma camada transparente. O capô é então polido para um acabamento brilhante e o componente é remontado. A empresa afirmou que os dados biométricos do cliente são processados ​​com cuidado para garantir que não possam ser usados ​​para fins não autorizados.

A impressão direta torna possível produzir desenhos que não são possíveis com a pintura convencional. Em termos de aparência, a nova tecnologia é claramente superior à aplicação de filme. O princípio de operação é semelhante ao de uma impressora a jato de tinta: usando uma cabeça de impressão, a tinta é aplicada aos componentes tridimensionais automaticamente e sem excesso de pulverização. “A capacidade de controlar os bicos individualmente permite a aplicação direcionada de cada gota de tinta”, explica Christian Will, vice-presidente de desenvolvimento de produção da Porsche AG. “A complexidade se deve à necessidade de harmonizar três tecnologias: tecnologia de robô (controle, sensores, programação), tecnologia de aplicação (cabeça de impressão, manipulação gráfica) e tecnologia de pintura (processo de aplicação, tinta).”

O serviço custa 7.500 euros (incluindo IVA) na Alemanha e será fornecido pelo fabricante exclusivo da Porsche a pedido a partir de março de 2020.