Está enganado quem pensa que carros elétricos é um futuro ainda distante. É um caminho que não tem mais volta. Eles já são realidade pelo mundo e começaram a desembarcar no Brasil nos últimos tempos. Modelos como BMW i3, Jaguar – Pace e o ZOE da Renault já podem ser comprados por aqui.

Uma das principais marcas de carros do mundo não podia ficar de fora. A Ferrari apresentou a SF90 Stradale, seu primeiro modelo hibrido plug-in de produção em série. O modelo SF90 é uma homenagem aos 90 anos da fundação da Scuderia e leva o nome do carro de Fórmula 1. O carro é descrito pela empresa como um modelo que traz “uma ligação forte as Ferraris de pista e de rua”, permitindo que possa “usar todo o conhecimento adquirido nas competições em seus carros de rua.”

O superesportivo possui um motor 3.9 V8 biturbo com 780 cv de potencia que trabalha em conjunto com três motores elétricos que geram 220 cv. O resultado final é incrível, 1.000 cv que são levados para as rodas. De acordo com a Ferrari, essa supermáquina vai de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos. Um dos destaques é a aerodinâmica para aplicar 390 quilos de downforce a 250 km/h. A Scalade é o primeiro modelo que pode ser ligado na tomada e ao rodar no modo elétrico possui uma autonomia de 25 km em uma velocidade máxima de 135 km/h.  A transmissão é outro destaque do carro. O câmbio automático com dupla embreagem e 8 marchas recebeu uma nova relação, melhorando a eficiência e reduzindo o consumo de combustível em até 8.

Outras tecnologias incluem o controle de estabilidade chamado eSSC, que permite gerenciar a distribuição de torque para as rodas em qualquer situação. Já o controle de tração eletrônico (eTC) otimiza a força entregue pelo V8 e pelos motores elétricos para as quatro rodas. Os freios usam um sistema brake-by-wire com ABS, para ajudar na regeneração de energia nas frenagens, melhorando assim o desempenho dos freios.

Em relação ao design, seu visual chama bastante atenção. Na dianteira se percebe de imediato as linhas mais horizontais e retilíneas, conjunto de LED com luzes diurnas uma grande entrada de ar. Na parte traseira há um conjunto óptico com quatro lanternas de LED com formas simétricas, aerofólio que sai das extremidades e se ergue mais ao centro e duas belas saídas de escapamentos.

E o valor para ter a Ferrari SF90 Stradale na garagem? Ainda não foi divulgado até o nosso fechamento, mas a expectativa que chegue em torno de 600 mil euros, o equivalente a cerca de R$ 2,7 milhões, sem impostos.