Duna, produção da Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures, do visionário cineasta Denis Villeneuve, cruzou ontem a marca de US$ 300 milhões nas bilheterias de todo o mundo, com os resultados de segunda-feira na América do Norte ultrapassando US$ 71 milhões, e arrecadação de mais de US$ 228 milhões em todo o mundo. E o sucesso continua. Uma impressionante soma de aberturas em primeiro lugar e o intenso boca-a-boca alicerçaram a expectativa de que o desempenho do filme irá aumentar exponencialmente à medida que for lançado em mais países no circuito internacional de exibição. No Brasil, mais de 520 mil pessoas já foram ao cinema conferir ao longa, arrecadando mais de R$10 milhões.

A aventura de ação épica, baseada no romance seminal de Frank Herbert, deu início à temporada de outono nos cinemas depois de se destacar nos festivais de cinema de Veneza e Toronto, antes de iniciar sua trajetória de sucesso em meados de setembro.

Jeff Goldstein, presidente de Distribuição da Warner Bros. Pictures na América do Norte, diz: “Estamos tão entusiasmados por essa experiência cinematográfica única ter não apenas fãs de cinema, mas também fãs de toda uma vida do livro de Frank Herbert, como o próprio Denis Villeneuve, ansiosos para ver Duna como o cineasta sempre imaginou: na maior tela possível. Esses números fantásticos, ao lado da pontuação A na CinemaScore e da classificação Certified Fresh, do Rotten Tomatoes, confirmam a qualidade do filme, e que o público tem voltado aos cinemas para revê-lo até mais de uma vez”.

Andrew Cripps, presidente de Distribuição Internacional da Warner Bros. Pictures, afirma: “Desde o primeiro lançamento internacional em setembro, pudemos constatar que Duna tem sido sucesso de crítica e de público em todos os países em que é lançado. Os números continuaram a endossar esse êxito a cada novo lançamento nos mercados, e esperamos manter esse circuito de exibição saudável e bem-sucedido com os lançamentos futuros na Austrália e na Nova Zelândia, rumo à temporada de férias que se aproxima”. 

SOBRE O FILME:

O cineasta indicado ao Oscar, Denis Villeneuve (“A Chegada”, “Blade Runner 2049”), dirige Duna, adaptação para o cinema do best-seller seminal de Frank Herbert, uma produção da Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures. Uma jornada do herói mítica e emocional, Duna conta a história de Paul Atreides, jovem talentoso e brilhante que nasceu com um destino grandioso, para além até da sua própria compreensão, e precisa viajar ao planeta mais perigoso do universo para garantir o futuro de sua família e de seu povo. Enquanto forças malévolas levam à acirrada disputa pelo controle exclusivo do fornecimento do recurso mais precioso existente no planeta – capaz de liberar o maior potencial da humanidade, apenas aqueles que conseguem vencer seu medo vão sobreviver.

NOMES DE PESO

Com um elenco estelar, Duna é estrelado pelo ator indicado ao Oscar Timothée Chalamet (“Me Chame Pelo Seu Nome”, “Adoráveis Mulheres”) como Paul Atreides, por Rebecca Ferguson (“Doutor Sono”, “Missão: Impossível – Efeito Fallout”) como Lady Jessica, Oscar Isaac (franquia “Star Wars”) como Leto Atreide, pelo ator indicado ao Oscar Josh Brolin (“Milk: A Voz da Igualdade”, “Vingadores: Guerra Infinita”) como Gurney Halleck, Dave Bautista (“Guardiões da Galáxia”, “Vingadores: Ultimato”) como Glossu Rabban, Zendaya (“Homem-Aranha: Longe de Casa”, série da HBO “Euphoria”) como Chani, pela atriz indicada ao Oscar Charlotte Rampling (“45 Anos, “Assassin’s Creed”) Gaius Helen, por Jason Momoa (“Aquaman”, série da HBO “Game of Thrones”) como Ducan Idaho e pelo vencedor do Oscar Javier Bardem (“Onde os Fracos Não Têm Vez”, “007 – Operação Skyfall”) como Stillgar.

Dennis Villeneuve dirigiu Duna a partir do roteiro coescrito com Jon Spaihts e Eric Roth, baseado no romance homônimo escrito por Frank Herbert. O filme é produzido por Mary Parent, Cale Boyter, Joe Caracciolo Jr. e Villeneuve. Os produtores executivos são Tanya Lapointe, Joshua Grode, Herbert W. Gains, Jon Spaihts, Thomas Tull, Brian Herbert, Byron Merritt e Kim Herbert. Em Duna, Dennis Villeneuve colabora pela primeira vez com o diretor de fotografia indicado ao Oscar Greig Fraser (“Lion: Uma Jornada para Casa”, “A Hora Mais Escura”, “Rogue One: Uma História Star Wars”); o compositor Hans Zimmer (“Blade Runner 2049”, “A Origem”, “Gladiador”, “O Rei Leão”), vencedor do Oscar e com diversas indicações ao prêmio, é o responsável pela trilha sonora.

Veja trailer: