Temos buscado cada vez mais lanches práticos para facilitar nossa rotina tão agitada.  Com isso, a indústria de alimentos, sempre visando acompanhar as necessidades do mercado, vem lançando produtos com a proposta de serem também mais saudáveis. Mas será que estamos consumindo realmente o que a propaganda sugere? Vamos aqui aprender a conferir algumas informações importantes nos rótulos dos alimentos para ficarmos mais atentos e, assim, podermos fazer as nossas escolhas de maneira consciente.

Você sabia que toda lista de ingredientes de um produto alimentício é descrita de forma decrescente? Ou seja – o primeiro ingrediente é o que está em maior quantidade, o segundo ingrediente é o que está presente em maior quantidade após o primeiro… e assim por diante. Com isso, resolvemos observar os rótulos de alguns biscoitos vendidos no mercado.

– Biscoito integral TAEQ (morango). Classificado como integral, seu primeiro ingrediente é farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, o que nada mais é do que farinha de trigo branca (refinada). O seu segundo ingrediente é açúcar. Ou seja, o que há em maior quantidade nesse biscoito é farinha de trigo refinada e açúcar, mesmo trazendo a ideia de ser integral. Além de conter uma série de aditivos (conservantes, aromatizante, etc..

– Nesfit Nestlé (sabor limão). O primeiro ingrediente é um composto por cereais integrais, afirmando este ser 63% do produto. Até aí, tudo bem! Mas o segundo ingrediente já é o açúcar. O terceiro é a gordura vegetal e assim por diante.

– Nesfit Nestlé (sabor banana). O primeiro ingrediente é um composto de cereais integrais, afirmando este ser 40,7% do produto. A partir daí já encontramos açúcar, gordura vegetal e também outros vários outros aditivos.

– Biscoito integral Qualitá (cacau e aveia). Este segue a mesma linha do biscoito integral TAEQ onde, apesar de também ser vendido como integral, seu primeiro ingrediente é farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, o que nada mais é do que farinha de trigo branca (refinada). O segundo ingrediente é açúcar…

– Por último, temos os Mini Cookies integrais da Mãe Terra. Eles descrevem o produto contendo ingredientes orgânicos (que não utilizam produtos geneticamente modificados), o que é um ponto positivo. O primeiro ingrediente é um mix de vários cereais integrais, mas o segundo ingrediente é farinha de trigo refinada e o terceiro é o açúcar (demerara orgânico, mas continua sendo açúcar). Se o foco é o consumidor que se propõe emagrecer, um produto orgânico não quer dizer ser menos calórico. Consumido de forma desregrada, ele também pode atrapalhar o objetivo do consumidor. 

Em todas as opções acima, a média de calorias em uma porção de 30g de biscoitos (entre 3 e 6 unidades, a depender do seu tamanho) é 130kcal com 20g de carboidratos (similar a um pão francês). Mais uma vez – se o objetivo do consumidor for emagrecimento, vale ficar atento se a quantidade ingerida não extrapolará a cota ideal para essa finalidade. 

Um outro ponto é que, muitas vezes um produto diz ser “zero açúcar”, mas podem ser encontradas outras formas de açúcar com os nomes, tais como xarope de milho, glicose, açúcar invertido, maltodextrina, entre outros. Essas fontes de carboidratos refinados conferem um sabor e textura bem atrativos, além de reduzir o custo da produção. Por isso, são tão consumidos (mesmo que de forma mascarada). 

Assim, através dessas informações, alertamos para a importância de sempre ler o rótulo dos alimentos. Há produtos industrializados que podem sim ser uma opção de lanche saudável para aqueles momentos mais corridos. Sabendo interpretar o que está descrito, não correremos mais o risco de consumir algo contrário ao que estamos buscando. Ah! E vale lembrar que as frutas e mix de oleaginosas (castanhas) são sempre ótimas opções de lanches mais naturais.