A Páscoa, celebrada neste ano no próximo domingo (4), e que traz à mesa do brasileiro diversos tipos de pescados, como bacalhau e salmão no prato principal, chega, mais uma vez em um momento com diversas recomendações de isolamento e distanciamento como prevenção do novo coronavírus. Grandes reuniões ou aglomerações não são ideais para o momento, mas isto também não impede de o almoço ser celebrado com estilo. E, uma dúvida sempre muito comum, é qual o vinho certo para acompanhar cada prato ou até mesmo a sobremesa preferida da ocasião: os ovos de Páscoa?

Para esclarecer as principais dúvidas, um time de enólogos das vinícolas Santa Rita, Viña Carmen e Doña Paula selecionou os rótulos ideais para as harmonizações perfeitas para a data:

PARA HARMONIZAR COM O PRATO PRINCIPAL

De acordo com o Brand Embassador de vinhos da vinícola Santa Rita, Luiz Alejandro Pérez, os vinhos brancos, como o Medalla Real Gran Reserva Chardonnay da vinícola Santa Rita, harmonizam com uma grande parte de pescados. No caso do bacalhau, por exemplo, muitos enólogos sugerem um branco jovem, de acidez elevada para trazer frescor à boca, assim como é o 120 Reserva Especial Sauvignon Blanc.

Para Martín Kaiser, enólogo da vinícola argentina Doña Paula, em relação aos aromas, a bebida deve apresentar frutas cítricas e mineralidade. Mas, a depender do modo de preparo de peixes mais gordurosos, como é o caso do salmão e do próprio bacalhau, a harmonização pode ser realizada com vinhos tintos de taninos suaves e teor alcoólico baixo, como é o caso do Doña Paula Estates Malbec ou Carmen Gran Reserva Carmènere. Para saladas, os brancos, além de refrescantes, harmonizam muito bem. 

VINHO HARMONIZA COM CHOCOLATES?

É comum que muitas pessoas ainda se questionem em relação a possibilidade da harmonização da bebida com chocolates, especialmente, pelo teor de açúcar e gordura dos chocolates brasileiros. A combinação é possível sim, mas antes é importante entender qual chocolate será servido com qual vinho.

Tecnicamente, chocolates mais doces não harmonizam tão bem com vinhos secos, mas vinhos de características versáteis, como o 120 Reserva Especial na uva Chardonnay ou o 120 Reserva Especial Merlot, ambos da vinícola Santa Rita, podem ser uma boa pedida

Pérez recomenda que aqueles que têm maior concentração de cacau, os acima de 65%, a pedida é um vinho seco para complementar a degustação ou um vinho doce para contrapor o amargor do cacau. Para os chocolates mais amargos, a indicação é o Doña Paula Estates Malbec ou o Carmen Gran Reserva Cabernet Sauvignon. Mas, não se esqueça: a harmonização perfeita é o match entre os sabores e isso pode variar bastante de paladar para paladar. Portanto, o ideal é testar até encontrar a combinação ideal para você.