Por Rodrigo Dantas

A Nissan apresentou o crossover totalmente elétrico, o Ariya. Ele é o primeiro elétrico da marca, onde simboliza uma nova fase, além de inaugurar a nova logo. A marca vai trazer duas opções de motor ao consumidor: uma versão com apenas um motor elétrico de 217 cavalos de potência e uma segunda com dois motores elétricos que, trabalhando em conjunto, vão oferecer uma potência combinada de quase 400 cavalos.

A versão topo de linha vai possuir tração integral e bateria 90 kWh, que vai gerar 389 cavalos de potência e 61,1 de torque, fazendo o japonês ir de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos, onde a sua autonomia pode chegar a 610 km com uma única carga.

Com uma carroceria que segue o estilo “SUV cupê”, chama a atenção a logo na grade dianteira, que é iluminado por 20 LEDs, além das grande rodas (de 19″ ou 20″) e dos finos faróis de LED compostos por quatro projetores de 20 mm. Com 4,64 metros de comprimento e distância entre-eixos de 2,77 metros, o Ariya é maior até do que SUVs médios como o Jeep Compass.

Para Aswani Gupta, o novo Nissan é o começo de “um novo capítulo para a Nissan.” O lançamento do Ariya acontece no Japão em 2021 enquanto que nos Estados Unidos o SUV deve estrear apenas no fim do ano que vem e vai custar em torno de U$ 40 mil.

Veja vídeo: