Todo final de ano as TVs, cinemas e streming reservam um temporada bem especial recheada de filmes e sérias para agradar o grande público. Na gigante Netflix, famosa por produzir filmes açucarados nessa época de festas, o cenário não poderia ser diferente. Apenas trocando um pouco os filmes natalinos mais alegres por algo um pouco mais sério. A Netflix sabe como mudar as coisas e dar aos espectadores outras opções, lançando conteúdo de diferentes gêneros.

É um bom mês para os fãs de séries de longas datas, com três das principais ganhando novas temporadas, como “The Witcher”, “Cobra Kei” e “La Casa de Papel”. Há também algumas performances que atraem o Oscar de atores de renome, como Sandra Bullock e Benedict Cumberbatch. Acrescente a isso um punhado de humor negro, muita ação, e você terá entretenimento suficiente para vê-lo até a chegada de 2022. Confira nossa seleção de 10 filmes e séries que você não pode deixar de assistir nos próximos dias.

ATAQUE DOS CÃES (1º de dezembro)

A aclamada diretora de “O Piano”, Jane Campion retorna à cadeira de diretora após 11 anos para este faroeste, estrelando o barbudo Benedict Cumberbatch. Situado em 1925 Montana, o drama segue o fazendeiro volátil de Cumberbatch, Phil Burbank, que se torna cruel e zombeteiro quando seu irmão traz para casa uma nova esposa e seu filho. Espere que Oscar acene com a cabeça.

A MÃO DE DEUS (3 de dezembro)

Paolo Sorrentino, ele que criou o Papa Jovem e criminosos subestimado Juventude com Michael Caine, tem uma nova oferta de língua italiana, com a mão de Deus. Escrito, dirigido e produzido pelo autor, o filme se passa em Nápoles dos anos 1980 e mostra uma experiência adolescente de um despertar após um encontro casual com a lenda do futebol Diego Maradona.

LA CASA DE PAPEL – Temporada 5, Parte 2 (3 de dezembro)

É hora de fechar o zíper daqueles macacões vermelhos pela última vez. A saga do crime chegou ao fim este mês, envolvendo as pontas soltas e retomando o sacrifício doloroso e a morte inesperada no final do último lote de episódios. Espere por alianças instáveis, aquelas máscaras icônicas de Dali e uma direção ainda mais sombria para a corrida final da séria.

SEBERG (10 de dezembro)

Neste thriller político intrigante, Kristen Stewart interpreta Jean Seberg, uma atriz americana que foi alvo do FBI no final dos anos 1960, após se envolver com os ativistas dos direitos civis dos Panteras Negras. Ela passa a ser uma das financiadoras do movimento, ao mesmo tempo em que mantém um caso com Hakim. Tal situação é acompanhada de perto pelo FBI, que mantinha um programa de vigilância para romper e expor os Panteras Negras. Dentre os agentes designados para espioná-la está Jack Solomon (Jack O’Connell), que começa a se rebelar quando o FBI inicia um plano de difamação contra a atriz.

https://www.youtube.com/watch?v=O0FoKEkhgX0

IMPERDOÁVEL (10 de dezembro)

Um pouco mais melancólico. Este filme original da Netflix pode não ter o escopo do western de Campion citado acima, mas promete fortes emoções. No papel central, Sandra Bullock estrela como uma mulher libertada (Ruth) da prisão para a sociedade, onde cumpriu pena de 20 anos por cometer um crime violento. Ao voltar para o convívio na sociedade e se recusar a perdoar seu passado por ter sido discriminada no seu lar, sua única esperança agora é encontrar a irmã que ela foi forçada a deixar para trás. Com base em uma minissérie da BBC de 2009, o filme também traz uma vontade de analisar as vidas dos indivíduos impactados pelos crimes cometidos.

BAD BOYS FOR LIFE (11 de dezembro)

Se você está procurando relaxar do trabalho enfadonho e drama, pode nunca ter havido um filme mais bobo feito do que Bad Boys for Life. A continuação de Bad Boys chega quase duas décadas após os dois primeiros filmes, seguimos Will Smith e Martin Lawrence enquanto trabalham para derrubar o filho de um cruel chefão de cartel. Bad Boys Para Sempre segue por caminhos mais dramáticos se comparado ao enredo de seus antecessores. Há questões interessantes colocadas no filme dos diretores belgas Adil El Arbi e Bilall Fallah, como a dificuldade de Mike Lowery (Will Smith) admitir que está envelhecendo, a vontade de Marcus Burnett (Martin Lawrence) em se aposentar e abandonar de vez a violência, assim como a colisão de uma dupla que ainda vive, em termos, no passado. 

THE WITCHER – 2ª temporada (17 de dezembro)

A primeira temporada de The Witcher foi recebida com críticas mais calorosas do que o famoso banho de Henry Cavill (você conhece a cena). Para sua segunda temporada, a adaptação da série de livros retorna ao ‘Continente’, que expande ainda mais o universo fantástico do bruxo e cumpre a promessa de fazer o protagonista usar mais palavras para se comunicar. A segunda temporada começa logo após os últimos acontecimentos que acompanhamos: Geralt acredita que Yennefer (Anya Chalotra) morreu na épica Batalha de Sodden e, agora, precisa cuidar da Princesa Cirilla (Freya Allan), “destinada” à proteção dele. Para isso, o bruxo a leva a Kaer Morhen, fortaleza onde ele cresceu e treinou com outros homens como ele. Enquanto Ciri entra em uma jornada para compreender seus próprios poderes, uma grande disputa por supremacia continua acontecendo entre as diversas raças – elfos, humanos, demônios.

NÃO OLHE PARA CIMA (24 de dezembro)

Um dos grandes sucessos para dezembro; o filme conta a história de Randall Mindy (Leonardo DiCaprio) e Kate Dibiasky (Jennifer Lawrence), dois astrônomos que fazem uma descoberta surpreendente de um cometa orbitando dentro do sistema solar que está em rota de colisão direta com a Terra. Com a ajuda do doutor Oglethorpe (Rob Morgan), Kate e Randall embarcam em um tour pela mídia que os leva ao escritório da Presidente Orlean (Meryl Streep) e de seu filho, Jason (Jonah Hill). Com apenas seis meses até o cometa fazer o impacto, gerenciar o ciclo de notícias de 24 horas e ganhar a atenção do público obcecado pelas mídias sociais antes que seja tarde demais. Esta comédia de humor negro pré-apocalíptica oferece uma miscelânea de talentos de Hollywood. Entre os nomes da lista ainda temos: Timothée Chalamet, Cate Blanchett, Chris Evans, Mark Rylance e Ariana Grande.

COBRA KAI – 4ª temporada (31 de dezembro)

Continuação do Karate Kid Cobra Kai vem aí. Depois de estrear em 2018 no ‘YouTube Red’ – a plataforma de streaming de curta duração do site – ele abriu seu caminho para o Netflix. Nas temporadas que se seguiram, ele conquistou muitos seguidores – e esta temporada vê o retorno de rostos ainda mais familiares da franquia original de filmes. A 4ª temporada de Cobra Kai promete mais conflitos e eventos ainda maiores para os próximos episódios. O grande evento da 4ª temporada de Cobra Kai vai ser mais um torneio de caratê do All-Valley. Outras temáticas que devem ser exploradas na nova temporada é uma evolução da rivalidade existente entre Sam LaRusso (Mary Mouser) e Tony Nichols (Peyton List), assim como a revolta ainda maior de Robby, agora contra Daniel e Johnny trabalhando juntos.

FIQUE POR PERTO (31 de dezembro)

Alguns anos atrás, o escritor policial Harlan Coben assinou um contrato de cinco anos com a Netflix; concordando com 14 adaptações para as telas de seus romances. O mais recente, seguindo Safe e The Stranger entre outros, é Stay Close – que segue um fotojornalista, um detetive de homicídios e uma dona de casa enquanto eles enfrentam um acontecimento horrível do passado.