O mundo automotivo vem surpreendendo a cada novo ano com carros que são verdadeiras supermáquinas na pista. Velocidade, conforto, design e tecnologia de ponta é o ponto em comum nessa seleção que fizemos que darão o que falar em 2021 e apontam o futuro para esses carros incríveis.

A marca sueca Koenigsegg é conhecida por fabricar carros superesportivos de dois lugares. Uma dessas máquinas seria apresentada esse ano durante o badalado Salão de Genebra, que foi cancelado por causa do coronavírus. Estamos falando do primeiro “mega-GT”, um hiperesportivo de quatro lugares e 1700 cavalos de potência, com preço estipulado entre R$ 5 e R$ 8 milhões de reais, além de possuir um design animal. O modelo terá produção limitada para apenas 300 unidades. Falando em visual, o Gemera manteve-se fiel aos princípios de design da Koenigsegg, contando com grandes entradas de ar laterais, pilares A “disfarçados” e uma frente inspirada no primeiro protótipo da marca, o CC de 1996.

Sob o capô o Gemera possui quatro motores: um a combustão 2.0 de três cilindros que entregam 356 kgfm de torque e três motores elétricos. Com essa força brutal, ele vai de 0 a 100 km/h em 1,9 segundos. Designado “Tiny Friendly Giant” ou “Amigável Pequeno Gigante”, este três cilindros da Koenigsegg se destacam também pelo peso, apenas 70 kg, para se ter uma ideia o Twinair, o bi-cilíndrico da Fiat de 875 cm3 pesa 85 kg, para dar uma ideia de quão leve é o 2.0 l do construtor sueco. Dotado de uma bateria com 800 V, o Gemera é capaz de percorrer até 50 km em modo 100% elétrico e pode alcançar os 300 km/h sem precisar recorrer ao motor de combustão. Por fim, sua velocidade máxima passa dos 400 km/h, sendo maior do que a velocidade atingida pelos carros de F1 durante as corridas.

Uma nova era se inicia próximo ano para a Maserati que depois de mais de 15 anos, está de volta ao segmento dos carros superesportivos. A fabricante italiana apresentou o incrível MC20. O modelo traz o conhecido design italiano, com linhas cheias de estilo, incluindo portas com abertura para cima. Ele também marca, segundo a própria Maserati, o início de uma nova era para a empresa. O símbolo dessa nova era da marca do tridente também estará disponível em uma versão totalmente elétrica a partir de 2022. 

A Maserati está usando o MC20 como uma oportunidade para lançar um novo motor V-6 bimotor com potência de 630 hp. Chamado de Nettuno, o novo motor utiliza um novo sistema de dupla combustão emprestado dos carros de corrida de Fórmula 1 e é combinado com uma transmissão automática de oito velocidades. Maserati afirma um tempo de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e em 8,4 segundos atinge os 200 km/h. Os números, especialmente os últimos, são impressionantes. Quanto à velocidade máxima, porém, é o MC20 com motor térmico que leva a melhor. Ele chega a 325 km/h, enquanto o elétrico irá parar (por assim dizer) a 310 km/h.