Do papel e lápis, até às telas do computador. O talento de Felipe Oliveira, Lipe para os mais próximos (nós!) e Mr. Illustrated para o grande público das redes sociais e mídia em geral. Ilustrador e infografista, paulista com sangue nordestino que começou sua carreira com 16 anos na Rede Globo e desde então atua como Designer. E hoje seu foco através Mr. Illustrated é a moda masculina. Unindo arte + estilo, e muito talento, Lipe com seus traços soltos e rabiscados, vem traçando sua trajetória que temos a honra de apresentar um pouco aqui nessa entrevista.

Felipe, como descobriu que tinha habilidade para o desenho e quando isso começou a ficar sério? Desde pequeno enquanto meus primos jogavam bola eu ficava desenhando, desde sempre estive com um caderno de desenho e lápis de cor na mão. Mas na época do ensino médio eu percebi que isso seria minha profissão.

Algum curso ou especialização? Ainda na adolescência comecei a procurar cursos profissionalizantes na área, então eu fiz um técnico em multimídia e depois a faculdade de design gráfico.

Profissionalmente como foi seu início? Como atuava? Com 16 anos eu participei de um processo seletivo na minha escola técnica onde 2 alunos iriam fazer um estágio no departamento de arte da Rede Globo, e esse foi meu primeiro emprego, como ilustrador e infografista tanto pra emissora quanto pro G1.

De onde vem inspiração e como transporta a ideia para a tela do computador? Fora minha família, eu sempre me inspirei bastante em celebridades, principalmente no quesito roupas. Não era difícil eu ir vestido igual os Jonas Brothers nos anos 2000 pra escola. Então eu pego essas personalidades que eu admiro, e tento analisar um pouco mais a fundo o estilo deles e ilustro o que eu mais gosto de cada um, e como aquilo me influencia.

Usa algum processo gráfico ou de desenho para suas criações? Eu sempre fui apaixonado por arte digital, já fui adepto de aquarela e nanquim, mas hoje em dia minha principal ferramenta de trabalho é o meu IPad.

Tirando a obrigação imposta por algum trabalho, o que curte mais desenhar? E como surgiu a ideia do Mr. Illustrated? O Mr.Illustrated surgiu inicialmente para ser um espaço onde eu pudesse desenhar o que eu mais curto, que é moda masculina. Mas para diversão eu sempre desenho super heróis, mas do meu jeito, as vezes com roupas civis as vezes mudando os uniformes, mas é um outro mundo que eu gosto bastante.

Soubemos que você também é ligado em moda. Como isso surgiu pra você? Moda sempre foi uma coisa natural pra mim, meu pai me levava ao shopping e ficávamos horas montando combinações de roupas, ele sempre me incentivou a encontrar meu estilo, fora isso os figurinos de séries e filmes sempre foram importantes pra mim.

E como atrela o desenho + moda? Os dois sempre foram a forma que eu me comuniquei com o mundo, então eles sempre caminharam em paralelo comigo, só precisei unir os dois para criar esse projeto.

Quem são seus grandes mestres e inspirações? Por que? A minha maior inspiração é meu Tio Helder, ele é artista plástico e sempre foi meu maior incentivador desde pequeno. Mas não do jeito usual prendendo o desenho na geladeira, meu tio sempre foi muito sincero comigo, se o desenho estava feio, ele falava! E isso me preparou pro mercado de trabalho mais tarde.

Qual o maior desafio de se manter de desenho? Como anda o mercado? Quando você decide trabalhar com arte você tem que ser adaptável, nem sempre vamos desenhar o que gostamos, ou do jeito que a gente acha melhor. Então estar aberto a oportunidades, saber ouvir as críticas e trabalhar em comunidade são o essencial para se manter nessa área. 

Alguma técnica ou traços são a sua característica? Dentro da arte digital eu creio que meu traço vai sempre evoluindo e se tornando cada vez mais pessoal, mas eu gosto de deixar ele bem solto e rabiscado, linhas certinhas e realidade não são muito meu estilo.

O que te desafia mais no desenho hoje em dia? Eu creio que seja a velocidade das redes sociais e o excesso de informação, encontrar um equilíbrio no meio disso tudo ainda é um desafio não só pra mim, mas pra todo mundo que está produzindo algo pra internet.

Para terminar… e na hora de relaxar, o que curte fazer? Cozinhar. Acho que essa é minha forma preferida de relaxar, por uma boa playlist e cozinhar pra minha família, e assim que a pandemia acabar para os meus amigos novamente, mas acho que fazer uma refeição legal pra quem a gente ama, é uma das melhores formas de se relaxar.