No Dia do Churrasco que tal conhecer um pouco do cara que virou uma referência no assunto? Churrasco sem erro é com o mestre churrasqueiro Fabiano Fussiger. Cliente antigo da JBS Motors, são mais de seis anos realizando seus desejos automobilísticos enquanto ele faz sucesso deixando todo mundo com água na boca com seus famosos churrascos. Conversamos com esse amigo e mestre churrasqueiro enquanto ele celebrava sua mais nova aquisição na JBS Motors, onde troca de marcas e modelos de carro com a mesma segurança e alegria com que escolhe seus ingredientes.

Gaúcho radicado na Paraíba onde criou raízes e constituiu família, Fabiano é chancelado @assadores, participante ativo em festivais de churrasco e especialista em fogo de chão. Além de conhecer um pouco mais sobre esse apaixonado por carros e carnes também tem receitas para você pilotar sua própria churrasqueira em grande estilo.

FOGO DE CHÃO

Receita comum de um domingão com amigos ou comemoração familiar, o churrasco a muito vem ganhando status, super produção, cada vez mais técnica e gente apaixonada e dedicada a assar carnes com supremacia.

Fogo de chão é a uma das técnicas mais antigas no preparo de carnes, onde tudo é feito a céu aberto, tentado controlar além do fogo, todas as variações climáticas. Muito utilizada para proteínas de longo tempo de cocção, como costela e animais inteiros como porco, cordeiro, boi e é o controle da temperatura que vai determinar o tempo cocção e o resultado.

A carreira de Fabiano começou em casa cozinhando pra família e seguiu com dedicação e aperfeiçoamento em workshops, voluntariado em grandes festivais e muita paixão. E é com essa paixão que ele nos passa receitas e dicas para saborear os melhores assados.

A ESCOLHA DAS CARNES

Tudo começa em onde realizar a compra da carne. A procedência e qualidade são fundamentais para só então se escolher os cortes. Segundo Fabiano os cortes do contra filé, como bife de ancho, bife de chorizo e bife em tiras são opções sem erro, mas como bom gaúcho não deixa de indicar uma boa costela (sua preferência) além de uma carne de sol, fazendo jus a adoção do nordeste coo lar.

Para acompanhamento a dica vem acompanhada de receitas autorais: Chimichuri Fuss e Dry Rub Fuss, além de tradicional salada de maionese batatas caseira.

Sobre o ponto da carne, nos perdoem os que preferem carnes bem passadas. “Este é um assunto que chega a ser cultural. Eu particularmente prefiro a carne mal passada, em torno de 54 a 56 graus internos até porque o ponto da carne está ligado diretamente a sua suculência e maciez, pois quanto mais assar mais seca e dura a carne vai ficar, então realmente é um sacrilégio, você comprar um carne de qualidade e servir bem passada (risos)”.

SER MESTRE CHURRASQUEIRO

Seja qual for a profissão escolhida ela precisa ser vivida com amor e dedicação. Ser vista como oportunidade de crescer, evoluir e fazer grandes amigos. É assim com Fabiano que fez de um gosto trazido da infância sua maestria. Para ele a receita de um bom mestre churrasqueiro é paixão pelo fogo, amor pela proteína, depois técnica e conhecimento.

Apesar de dominar diversas técnicas, é o fogo no chão quem faz os olhos de Fabiano brilharem e os convidados salivarem. “Depois que você entende o fogo de chão todos outras técnicas vão parecer mais simples. Pois no fogo de chão você trabalha nos ambientes mais adversos, colocando em prática a principal premissa “tempo e temperatura”.

Sobre a participação nos festivais de churrasco Fabiano explica que não é só chegar e mostrar técnica, é importante fazer todos entrarem no clima e pra isso a montagem do cenário conta bastante. Se você ficou com água na boca lendo sobre carnes e churrasco tem receita e dicas para montar sua própria churrasqueira. Mas se quiser saber mais sobre carros aí é dar uma passada na JBS Motors.