Se você já ouviu falar ou lembra de alguma coisa sobre a Trans World Airlines (mais conhecida como TWA), você provavelmente já ouviu falar do lendário TWA Flight Center, um point para a classe dos jet set nos anos 60, localizado próximo ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York. Projetado em 1962 pelo inovador arquiteto finlandês-americano Eero Saarinen, o antigo centro de vôo foi reprojetado e reinventado agora como o TWA Hotel, com inauguração prevista para o primeiro semestre de 2019.

Enquanto a abertura do hotel não acontece, uma sala modelo deste hotel inspirado nos anos 1960 foi finalmente revelada. Uma boa notícia para os entusiastas da arquitetura, já que havia rumores de que o terminal vazio seria demolido e para os fãs de aviação que perderam a tão querida companhia aérea ícone, que foi fechada em 2001.

Os termos “Trendy” e “near the airport” já não são mutuamente exclusivos ao TWA Hotel, já que este será o primeiro hotel nos terrenos do JFK – sem necessidade de se pegar táxi. O hotel está situado em dois prédios baixos e terá 512 quartos, com móveis Knoll e interiores antigos inspirados em Hollywood. O hotel também oferece grandes salões para conferências, eventos e reuniões.

“A partir do momento em que os hóspedes e visitantes chegam ao hotel TWA, eles se encontram imersos no clima da rica cultura, arquitetura, paisagens, sons e ambiente de 1962”, explica Tyler Morse, CEO da MCR e MORSE Development, desenvolvedora e líder investidor deste projeto digno de buzz. “A atenção ao menor dos detalhes permeia toda a experiência do quarto de hóspedes, homenageando o magnífico marco e a época especial da história americana”.

Também não faz mal que o design de meados do século esteja tendo outro momento graças a séries como “Mad Men”, que traz de volta todo o clima e glamour dessa época. Mesmo com esse clima retrô do hotel, ele trará modernidades do lifestyle atual, tais como: haverá muitos lugares para carregar seu telefone, e não será permitido fumar.

Além dos próprios quartos, haverá oito restaurantes e seis bares – e, sim, você pode comprar um martíni. Se você não conseguir resistir até o ano que vem, sacie seus impulsos visitando o TWA Lounge que fica no arranha-céu One World Trade em Manhattan para entrar logo no clima ou pelo site oficial.