A pernambucana Karmel Bortoleti durante muito tempo trabalhou como modelo e atualmente vive em Miami, local onde foi feito esse ensaio. Foi lá que ela se encontrou profissionalmente e onde encontrou seu namorado Brett David (pois é, a gata é comprometida). Ativa e sempre alto astral, posou para nós no meio a carros incríveis que são coisa de cinema (muito deles participaram de filmes famosos), e o resultado não poderia ser mais perfeito. Três super carros e uma máquina com sotaque brasileiro.

Conta um pouco como foi sua trajetória de modelo. Comecei como modelo aos 14 anos de idade. Participei de um concurso em São Paulo com a Mega Models, do Marcos Pantera, junto com a marca de maquiagem internacional Maybeline e fui a vencedora. A partir daí minha carreira deu início e comecei a viajar para todo o mundo.

E como foi parar em Miami? Morei em Miami há 11 anos atrás mas por motivos pessoais e voltei a Recife. Depois continuei vindo a trabalhos pelo menos três vezes ao ano. Sempre tive uma paixão inexplicável pela cidade. E há 4 anos atrás juntei a vontade de voltar a morar com a oportunidade de trazer uma franquia relacionada a beleza para Miami, então não pensei duas vezes e decidi vir. Acabou que não segui com a franquia e continuei com meu trabalho de modelo ehostess de eventos como aFlorida Cup.

Como é a vida dessa pernambucana nos EUA? Guarda algo da “terrinha”? Digo que e muito boa pra ser verdade. Acordo em um lugar lindo, mágico, onde tudo funciona, onde as pessoas são educadas, onde posso passear com meus filhos, usar minhas joias e não me preocupar com segurança pois sei que nada irá nos acontecer. Acordo por volta das 6h30 da manhã, levo meus pequenos pra escola, vou pra academia, paro no meu lugar preferido de café da manhã, volto pra casa, tomo um banho ouvindo minhas músicas latinas que amo e saio pra trabalhar curtindo minha “drive” nessa cidade linda. Guardo em casa com muito carinho meus ovos Brennand.

O que te agrada do estilo de vida americano e o que sente falta da vida em Recife? Gosto de como eles são diretos. Americano não tem enrolação, eles vão direto ao ponto, não perdem tempo, ou é, ou não é. Eu sou muito assim também. Gosto de ser sincera e não perder o meu tempo nem o de ninguém. Sinto falta às vezes do calor humano e da nossa simpatia, pois os americanos são mais fechados, mais resguardados. Já os brasileiros, e ainda mais os nordestinos, temos o riso fácil, disso sinto um pouco de falta, de um pouco mais alegre…

Você já gostava de carros ou a influência do namorado ajudou nisso? Sempre gostei de bons carros mas sinceramente não entendia muito sobre o assunto. Meu namorado foi quem 100% me mostrou, me fez entender e apreciar a história automotiva e a essência de cada um deles.

Como vocês se conheceram e o que te atraiu? Nos conhecemos através de amigos em comum e desde a primeira vez que o vi senti algo diferente que nunca havia sentido antes, mas contive meus sentimentos e nos tornamos amigos por muito tempo. Me atrai por sua personalidade, um homem na dele, super maduro e inteligente mesmo tão jovem. Um homem de garra, um homem que trabalha duro todos os dias mas não esquece de falar palavras bonitas e ser gentil comigo desde quando éramos amigos. E claro, um gato!

O que te agrada do estilo de vida americano e o que sente falta da vida em Recife? Gosto de como eles são diretos. Americano não tem enrolação, eles vão direto ao ponto, não perdem tempo, ou é, ou não é. Eu sou muito assim também. Gosto de ser sincera e não perder o meu tempo nem o de ninguém. Sinto falta às vezes do calor humano e da nossa simpatia, pois os americanos são mais fechados, mais resguardados. Já os brasileiros, e ainda mais os nordestinos, temos o riso fácil, disso sinto um pouco de falta, de um pouco mais alegre…

Você já gostava de carros ou a influência do namorado ajudou nisso? Sempre gostei de bons carros mas sinceramente não entendia muito sobre o assunto. Meu namorado foi quem 100% me mostrou, me fez entender e apreciar a história automotiva e a essência de cada um deles.

Como vocês se conheceram e o que te atraiu? Nos conhecemos através de amigos em comum e desde a primeira vez que o vi senti algo diferente que nunca havia sentido antes, mas contive meus sentimentos e nos tornamos amigos por muito tempo. Me atrai por sua personalidade, um homem na dele, super maduro e inteligente mesmo tão jovem. Um homem de garra, um homem que trabalha duro todos os dias mas não esquece de falar palavras bonitas e ser gentil comigo desde quando éramos amigos. E claro, um gato!

 

O que um homem precisa ser ou fazer para chamar sua atenção? Ser ele mesmo. O homem que pretende ser quem não é para chamar a atenção ou que fala apenas de bens materiais, jamais teria alguma chance comigo.

É muito vaidosa? Do que não abre mão? Sou sim, acho que nós mulheres precisamos nos cuidar todos os dias. Mas não falo apenas da estética, falo dentro do nosso corpo, prestando atenção no que ingerimos. E bebo muita, muita água. Algo que não gosto é de maquiagem, pra mim basta rímel, blush e um batom cor de boca. Não tenho paciência pra ficar 2 horas me maquiando (risos). Não abro mão de ter minhas unhas do pé e da mão sempre bem feitas e a pele do corpo cheirosa e hidratada.

O que deixa um homem mais elegante e atraente? Sua postura de homem alfa e sua eterna gentileza com as mulheres.

Para te conquistar basta… Ser o Brett David (risos)