É muito cool gostar de jazz, sabemos, mas quem de nós, já ouviu falar em Gregory Porter, já o escutou em alto e bom som? Depois de cantar para a rainha da Inglaterra e virar pop star do jazz no Festival de Glastonbury em 2016, onde se apresentou ao lado de Adele e Coldplay, o americano de 48 anos, completados hoje – vencedor de dois Grammy de melhor álbum na categoria (Liquid Spirit, em 2014, e Take Me to the Alley, em 2016).

Gregory Porter, nascido em Sacramento, na Califórnia, nos anos 1970, tinha seis anos quando observou sua TV como quem busca um espelho. Porém o eu via transmitido ali eram todos homens brancos, e ele negro não se via refletido naquilo. Isso só foi acontecer mais tarde quando ele foi descobrir a coleção de vinis de sua mãe com pérolas como Nat King Cole (1919-1965), ícone do jazz americano. “É difícil de explicar, mas não havia ninguém como eu. Ninguém se parecia comigo na TV. Quando vi essas imagens do Nat King, gravitei ao redor delas”, comentou Porter comentou em entrevista.

Se você ainda não o conhece, uma ótima oportunidade para descobri-lo é seu álbum “Nat King Cole & Me” (de 2017), diferentemente de seu estilo, que mistura influências de blues, gospel e soul, Porter rende uma homenagem em jazz puro ao seu maior ídolo. Nat King Cole & Me apresenta suas 12 músicas favoritas do cantor e pianista americano, entre elas “Smile”, “L-O-V-E” e “Nature Boy”.

“Nat King Cole preencheu um buraco na minha infância, quando meu pai não estava presente. Suas músicas soavam como conselhos, lições de vida”, contou ele em entrevista, em Londres, em uma audição de seu novo trabalho. Em um pocket show para um seleto público de 150 pessoas na antiga catedral de St. Luke, hoje transformada em casa de espetáculos, Porter, acompanhado de uma orquestra de 60 músicos, apresentou algumas canções. “Para mim, Nat King Cole foi o primeiro Barack Obama da história, por sua força e carisma.” Unforgettable.

Seu mais recente álbum, “One Night Only”, de 2018, onde ele canta no The Royal Albert Hall, é também uma ótima pedida para virar fã desse grande artista de alma simples e enorme talento.

Assista um pouco:

Site oficial: https://www.gregoryporter.com/