Virna é musa. Não só do Vôlei, mas musa no quesito pessoa e mulher. Atleta de consagrada e respeitada carreira, ela encarna com bom humor e determinação a vida agitada que ela mesma escolheu. Hábitos saudáveis ela cultiva não só para o corpo, mas também para alma. Virna coordena um projeto de vôlei de praia para crianças carentes, mais uma prova de que o esporte pode mudar a realidade social. Segura de si e boa observadora do espelho, Virna sabe que é bonita, que atrai os olhares masculinos para si mesma além das suas jogadas na areia ou na quadra, mas não se faz de rogada ao receber um elogio e dá as dicas para um homem entrar na quadra e fazer sucesso. Para os mais afoitos vale lembrar que Virna está casada e muito bem casada. É caro leitor, esse jogo já foi ganho!

01 – O que vale no jogo da conquista e o que é digno de falta? No jogo da conquista vale honestidade, respeito, carinho e admiração. Para mim, a falta de comprometimento vale cartão vermelho numa relação.

02 – Atletas costumam ter cuidados com o físico e a alimentação. Isso é exigido de um parceiro que não seja atleta? Não, o que vale é ter uma vida saudável. Acima de tudo, o que importa é o bem estar e a saúde para poder curtir os bons momentos juntos.

03 – O que faz um homem merecer a medalha de ouro? Tenho um dia a dia corrido: sou comentarista e coordeno um projeto social de vôlei de praia para crianças carentes, por isso vivo viajando. Então, a medalha de ouro vai para o homem que compreende minha carreira, este meu ritmo de vida, respeite e admire esta minha determinação em realizar várias atividades ao mesmo tempo(risos).

04 – O que os homens fazem hoje que os deixam no banco de reserva? E o que pode levá-los a escalação? Estou tanto tempo casada que eu tenho que lembrar das reclamações de minhas amigas (risos). Acredito que um homem que vive no jogo da conquista e sedução mereça ficar no banco. Agora, para aqueles que demonstram caráter, comprometimento e cumplicidade, o lugar na escalação é garantido.

05 – Você é linda e uma excelente atleta, o que provavelmente deve ter rendido várias cantadas dentro e fora das quadras. Quais as piores e as melhores? Acho que as cantadas fazem parte da vida de qualquer mulher, principalmente quando se tem uma vida pública. Me recordo de uma situação engraçada, vivida durante um jogo. Nesta partida tinha um cara baixinho, com cerca de 1,50m,  que começou a gritar “Virna, casa comigo?”, na hora eu respondi “Compra uma perna de pau e entra na fila”, até ele caiu na risada.

06 – Que atributos físicos do homem chamam mais sua atenção? Sorriso e o olhar. Acho que estes pontos mostram todo o charme de um homem e têm a capacidade de cativar qualquer mulher.


07 – Disposição física ou de atenção? O que vale mais na hora em que uma mulher escolhe um namorado? Os dois! Pra mim, que gosto de praticar esportes, ter um companheiro que participe das atividades físicas junto é uma delícia. A atenção fica para hora da pausa para a água de coco, com muito carinho.
08 – O que os homens não sabem, ou teimam em não saber, sobre o universo feminino?  São universos totalmente diferentes, por isso, acho que falta um pouco de sensibilidade para entender os momentos da parceira, as oscilações hormonais, a TPM (risos). Além disso, acho que os homens não sabem se colocar no papel da companheira, pra entender como ela se sente diante de determinadas situações.

Stylist: Rica Benozzati
Make: Saulo Fonseca
Fotos: Priscila Prade
Acompanhe a MENSCH
no Twitter: @RevMensch, curta nossa página no Face:
RevMensch e baixe no iPad, é grátis:
http://goo.gl/Ta1Qb