Você não precisa ser um cara ligado nas últimas tendências e nem acompanhar os últimos lançamentos das grandes lojas para andar bem vestido. Peças básicas podem ser usadas criando um visual harmônico sem exageros. Confira nossas dicas e veja como é simples se vestir bem independente de local e horário. E não precisa gastar muito, basta saber escolher e combinar estilo e ocasião.

CLÁSSICO RENOVADO
Um terno preto usado com camisa branca e gravata preta é um clássico. Não fosse pelos pequenos detalhes. O terno e a gravata slim (terno mais ajustado e gravata mais fina) dão o toque de modernidade ao visual. Um detalhe: não é recomendado usá-la em ambientes de trabalho. Para quem tem ombros muito largos ou está acima do peso, esse tipo de gravata também não cai bem.
ESPORTIVOPeça fundamental no guarda roupa masculino, a camisa pólo é uma peça que faz sucesso em todas as estações. Pode ser usados do escritório (desde que não seja um ambiente de muita formalidade) à balada. É o tipo de peça curinga. Dica: A camisa deve ficar confortável dos  ombros à cintura, ou seja, nem muito ajustadas e curtas nem folgadas demais. Se estiver acima do peso, prefira as lisas e evite as listras horizontais que alargam o visual.

SUBVERSIVO
Uma das regras básicas da moda masculina é que a gravata nunca deve ser mais clara do que a camisa, mas porque não subverter? Se você faz a linha moderna e segura bem o visual fora dos padrões, arrisque-se! Não há nenhuma lei que proíba a criatividade na hora de se vestir.

INVERNO
Para os dias um pouco mais frios da meia estação, a malha ou lã fina canelada é uma excelente opção. Elegante e clássica ela pode vir em gola V tradicional ou com detalhes de design diferenciado. Dica: a gola V ajuda a alongar a silhueta e a composição monocromática reforça o efeito.

 

 

Camisas pólo ficam bem em quase todas as ocasiões desde que estas não sejam muito formais. Listras horizontais engordam. Se quiser alongar a silhueta, opte pelas lisas.
Tons escuros favorecem os gordinhos. Já as tradicionais de listras horizontais (largas ou estreitas) podem ser usadas com tranquilidade por quem está em forma.

Os patches (escudos, números, letras…) que aparecem nos modelos mais esportivos e menos clássicos chamam bastante atenção e confundem um pouco o visual. Tenha cuidado com eles. Camisas pólo ficam bem pra balada. Pólo, jeans e docksides são a combinação perfeita para o verão e climas quentes. Vai bem para todas as atividades ao longo do dia e já é um padrão seguro.

 

Camisas sociais brancas dão bastante liberdade de escolha na combinação com os outros itens. As azuis também aceitam a maioria das combinações que vão desde o verde ou bordô, até o rosa, castanho ou cinza. Camisas sociais escuras pedem gravatas igualmente escuras. A preta é coringa, mas você pode criar looks modernos subvertendo com uma gravata clara ou colorida lisa.

 

Na hora de combinar estampas de camisas e gravatas preste atenção na cor de maior evidência e siga o padrão. Se tiver medo de arriscar, uma gravata lisa sempre salva a composição.
A gravata não precisa combinar com a cor da roupa necessariamente, mas de estar em harmonia com a cor do terno ou fazendo contraste com a camisa. Gravatas lisas, com estampas padrão ou listras diagonais são mais formais. Use sem medo. As de cores fortes e chamativas combinam melhor com cores sóbrias e neutras.
*Júlia Salgueiro é jornalista, formada em moda e possui o blog www.modamodamoda.com.br