O Fusion ostenta toda a agressividade da Ford para quem curte um carro no estilo “like a boss”.  De acordo com a marca, o Ford Fusion 2013 terá cinco versões: S, SE, EcoBoost SE, SE Hybrid e Titanium. E já sabemos que a o novo sedã tope de linha chega às lojas custando R$ 119.990 na versão Titanium 2.0 AWD. O design sem duvida foi a grande mudança, pois percebemos logo de cara que o carro está completamente diferente, seguindo o novo padrão da geração Ford. A silhueta veio mais elegante, menos intimadora, as linhas musculares do capô adicionam esportividade e a grade cromada em trapézio invertido manteve a identidade do Fusion.
 
 
No exterior, os faróis receberam um projetor lazercut, lanternas traseiras em LED, rodas de 18 polegadas e maçanetas cromadas. O desenho elegante da traseira também tem um papel importante na redução da turbulência do ar. O vidro traseiro é fortemente inclinado, formando uma linha contínua com o spoiler e a tampa do porta-malas. Quando o assunto é performance, pode manter suas expectativas em alta. Com motor Ecoboost 2.0L GTDi l4 e transmissão automática de 6 velocidades, o novo Fusion oferece o desempenho parecido com o da versão anterior. O interessante é que as demais versões equipadas com motor 2.5 Flex e 2.0 Atkinson/híbrido deverão chegar ainda no primeiro semestre de 2013.
 
 
No quesito tecnologia, o carro vem com o active park assist, ou seja, sistema de estacionamento automático; computador de bordo touch numa tela de LED, partida sem chaves (sistema start/stop); câmeras externas; sistema de navegação próprio. Um detalhe legal, é que as trocas de marchas podem ser realizadas também de forma manual, através dos dispositivos “Paddle-Shift” localizados no volante, dando mais esportividade ao padrão executivo. O Sync Media System foi adaptado com comandos de voz em português do Brasil para funções de áudio, ar-condicionado, navegador e telefone. Tudo de forma digital, com todas as mordomias da versão anterior, como a  conexão Bluetooth, além de duas entradas USB, leitor de cartão de memória (SD card) e entrada de vídeo/áudio RCA.
 
 
 
Já uma seleção minuciosa de materiais fez do interior do novo Fusion impecável, com tecnologia de ponta em cada detalhe permitindo vantagens visuais e funcionais, com bancos de couro macios e com acabamento de alto luxo. O espaço interno ficou mais generoso que o anterior e tradicionalmente encontrado na maioria dos sedãs de seu segmento. A posição de dirigir, com comandos à mão, transmite ainda mais esportividade e praticidade para o motorista. O sistema My Key, permite a abertura do carro com código e configuração da chave com funções de segurança. Você pode, por exemplo, limitar a velocidade do carro. Já o piloto automático adaptativo, evita colisões, ao ajudar o motorista a dirigir a uma velocidade determinada, ou seja, quesitos de segurança não faltam no novo Fusion.
 
Sem dúvidas estes “japas” se superaram na execução deste carro, que ostenta poder e não deixar a desejar aos seus concorrentes famosos. É um carro classudo, sólido, bom de dirigir e ainda, chega a ser esportivo. Só lamentamos custar tão caro no Brasil, concordam?
 
 
Fonte: site oficial
 
 
Acompanhe a MENSCH
curtindo nossa página no Face: RevMensch e também pelo Twitter:
@RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App Store