Diante de um universo de modalidades esportivas, vamos voltar nosso olhar à essência do esporte e ao poder de transformação exercida em seus praticantes. Sejam estes esportistas amadores ou profissionais, em algum momento mágico, a prática do esporte deixa de ser uma simples atividade e passa a ser um estilho de vida.

Nosso atleta da vez é Renan Gomes, 40 anos, casado com Ana Cláudia e pai de Ana Clara (14 anos) e Ana Beatriz (9 anos), uma família voltada para o esporte. Renan foi, nitidamente, transformado positivamente pelo esporte, ao longo do tempo. Executivo de carreira, empresário e coaching de saúde e bem-estar, Renan se iniciou na capoeira aos 11 anos, mais tarde conheceu o kung fu Wushu Shaolin e nunca mais parou. Aprendeu outras modalidades como o boxe, Krav Maga, Kyokushin Karate, Jiu Jitsu e foi graduado no Karate Shotokan e Muay Thai. Hoje é delegado da CBKB (Confederação Brasileira de Kickboxing) e WAKO (World Association of Kickboxing Organizations), Treinador de Muay Thai e Kickboxing.

Foco e muita disciplina foram essenciais para Renan conseguir conciliar sua carreira profissional, vida pessoal, prática de exercícios e desenvolvimento no esporte. Administrar uma agenda intensa com viagens de trabalho, consultorias e os treinos sem abrir mão da família e das práticas de uma vida saudável, não é desafio fácil.

“Se eu não promover uma agenda saudável na minha vida, quem fará isso por mim? Eu tento me manter sempre motivado todos os dias. Já pratiquei artes marciais em academias pelo Brasil inteiro. Sempre que estou numa cidade diferente, procuro uma academia local para conhecer e praticar.”

Morando no Rio de Janeiro por quatro anos, Renan teve oportunidade de conhecer e treinar com diversas referências das artes marciais, através do esporte. Os irmãos Rodrigo o Minotauro e Rogério o Minotouro, Anderson Silva, José Aldo e Lyoto Machida, integrantes do UFC (Ultimate Fight Campionship) são algumas dessas referências. Nosso atleta fez parte do Team Nogueira e recebeu desses Mestres sua graduação no Muay Thai. Já em Fortaleza, recebeu sua Faixa Preta de Kickboxing do Tri-campeão mundial Paulo Zorello, passando a treinar com o Professor Jerônimo Azevedo e a atleta profissional de MMA (Mixed Martial Arts) e Kickboxing, Marília Fanta. Engajando nesse esporte, construiu um legado e vem impactando positivamente a vida de muitas crianças e jovens competidores no Nordeste.

PROJETOS SOCIAIS E NOVOS DESAFIOS

Renan ajuda alguns projetos voltados para o esporte. O “Guerreiros para a Vida”, atende mais de 400 crianças e jovens com o ensino e a prática do Kickboxing em PE. Já o “Mulherada no Topo”, incentiva as mulheres, promovendo igualdade e valorização delas no esporte. Além desses projetos, Renan está formando uma seleção Pernambucana com atletas filiados à CBKB/WAKO, para competir no campeonato brasileiro de Kickboxing neste ano.

Pela primeira vez, Renan competirá no Campeonato Brasileiro de Kickboxing que ocorrerá em Maringá//PR, de 31/05 a 03/06, valendo o título nacional e será uma seletiva para o Campeonato Pan Americano de Kickboxing, a ser realizado em Cancun, em outubro próximo. Nessa preparação, Renan vem mantendo uma rotina pesada de treinos, que começa com treinos as 04h30 da manhã, conciliando trabalho, consultoria e exercícios “Treino em média quatro horas por dia. Durmo cedo e acordo por volta das 04h30 da manhã para treino de corrida ou funcional (Intercalando), que duram em média uma hora. Ao terminar, vou para o treino de Muay Thai. Na hora do almoço, uma hora de fortalecimento e musculação. No primeiro horário da noite, lidero o treino de Kickboxing com os atletas que competirão no Brasileiro, treinando junto com eles e nas sessões de Sparring, encaro a molecada lutando vários rounds contra eles”.

Renan utiliza toda sua experiência como um Faixa Preta para a vida, integrando seu amor pela família e a prática de esportes como qualidade de vida.