Nascida no Sertão de Alagoas e criada em Paulo Afonso na Bahia, a apresentadora Gardênia Cavalcanti iniciou sua vida profissional quando se mudou para Recife após a maioridade. Foi gestora de duas multinacionais no setor de cosméticos por alguns anos, responsável pelo atendimento de todo Norte e Nordeste. Mesmo sendo muito bem sucedida no setor, a empreendedora sempre teve uma ‘veia’ voltada para a arte.

“Atuava no setor de cosméticos e dei várias entrevistas para televisões locais. Por ser muito jovem e ocupar um cargo de destaque, além da experiência no setor de beleza, fui convidada para apresentar um programa local e assim foi o início de uma paixão pela televisão. Fui pioneira no Estado de Pernambuco com um programa de beleza feminina. Há 18 anos, no início, dava dicas e tutoriais de beleza… Assim começou minha trajetória na televisão.”

Estabelecida há muitos anos no Rio de Janeiro, a empresária, apresentadora e digital influencer, é madrinha das ações sociais do Santuário Cristo Redentor, um dos maiores cartões postais da cidade maravilhosa. “O Cristo é nosso cartão postal, uma das sete maravilhas do mundo e muita gente não imagina a quantidade de ações sociais que são realizadas para ajudar aqueles que precisam. A beleza do Rio de Janeiro, a alegria do povo, contagia e encanta. Hoje sou completamente apaixonada pelo Rio. Sinto falta do Nordeste? Sim, jamais negarei minhas raízes, porém, me sinto feliz e de bem com a vida no RJ.”

Apresentadora do programa diário ‘Vem com a Gente’, na Band, Gardênia traz mais uma novidade para sua trajetória. Agora seu programa será exibido em todo o estado do Rio de Janeiro e pelas redes sociais – YouTube. Um programa leve e divertido, que leva informação para toda a família. “Vamos trazer novos quadros e mais Rio, somos um programa para mostrar o RJ, quero contar histórias inspiradoras, nossa gastronomia e continuar dando oportunidade para pessoas talentosas se apresentarem. Música e a apresentadora vem com novidades também, (risos).”

ENTREVISTA EXCLUSIVA PARA MENSCH:

Gardênia, você é uma mulher que já passou por muitas coisas, desde muito nova, inclusive a perda dos seus pais e irmão, entre outras perdas. Como foi a sua trajetória interna para conseguir se reerguer mesmo em momentos como esse? Vivi momentos muito difíceis, sofri e por muitas vezes me senti desanimada. Mas, está em meu sangue e origem a resiliência. Sou forte demais, entre as guerras vividas, literalmente, eu aprendi a me defender, me reerguer, me incentivar e tudo buscando força na minha fé. Eu sou uma mulher de fé!Então, eu sabia que as lágrimas não durariam para sempre. Eis que a flor renasceu em pleno sertão. Um dia eu conto toda história para vocês. (risos).

Você é nordestina, mas já está estabelecida no Rio de Janeiro a muitos anos. Qual foi o momento mais desafiador dessa mudança? Recomeçar mais uma vez! Falei em uma entrevista que sou especialista em recomeços e quando mudei tive que aprender a ser mais uma Nordestina que mudou para o RJ. Como em todos os lugares, temos “alguns” preconceituosos e como sempre eu passei com a cabeça erguida por eles. Sempre amei o Rio de Janeiro e hoje sou muito feliz aqui.

Você atuava no setor de cosméticos e hoje é uma grande comunicadora, apresentadora de TV, atriz e mais. Tem alguma característica da época no setor de cosméticos que você carregue até hoje? Da executiva eu trouxe muitas coisas, a questão de lidar com a área comercial e entender o que o cliente precisa, a comunicação comercial. Tenho no sangue a venda e como apresentadora tem o lado artista, o maior desafio foi ter que aprender a desligar a “chave”. Hoje tiro de letra, no início foi difícil. Saber dividir momentos e de certa forma personagens diferentes foi um grande aprendizado. Como apresentadora aprendo a ser leve.

Após conseguir superar um dos momentos mais difíceis na pandemia e voltar com tudo como “Vem Com A Gente”, agora teremos uma novidade, seu programa Ao Vivo. Como está sendo a preparação para essa nova fase? Muito trabalho, carinho, animação! Estamos fazendo algo especial para nosso público e vamos poder interagir, entender o que estão pensando porque o público poderá participar. Os diretores da Band e eu fomos corajosos e acreditamos que em plena pandemia poderíamos levar alívio e entretenimento para quem estava sofrendo tanto com notícias tão tristes. Passamos! Estamos! Ao vivo verão que a Gardênia é igualzinha, porém, vamos trocar a energia do momento.

Como você se sente com esse novo desafio do Ao Vivo? Afinal não, é qualquer apresentador que topa dar esse passo. Feliz! Apresentei o Bem Viver na TV Clube (que foi afiliada da Band) nordeste, durante alguns anos. Gosto mais, sou muito verdadeira e acho mais gostoso o friozinho na barriga e a certeza do público no outro lado que eu sou o que eles estão assistindo. O cenário está lindo, os quadros interessantes, vou poder mostrar todo  o meu potencial. Vem com a gente!

Você é uma mulher muito ligada à sua família. Como foi quando deu a notícia do programa Ao Vivo para eles? E qual a expectativa deles para esse momento? Estão felizes como eu! Meu esposo sempre foi meu principal apoiador. Ele e meu filho sabem que eu amo o que faço e vibram comigo.

Vivemos não só em um país, mas em várias partes do mundo, que não dão o devido valor que a arte merece. Como você enxerga essa desvalorização da profissão por parte de algumas pessoas? Sempre falo durante o programa sobre a importância da arte para o nosso desenvolvimento. É uma forma de expressão, difusor de valores. A arte salva, educa, transforma. Na pandemia a arte nos livrou do tédio através dos filmes, livros, séries, música… É uma tristeza quando observamos a falta de incentivo e desvalorização. É uma pena vermos tantos talentos à procura de apoio, sem incentivo, buscando o sustento em outros afazeres e deixando sua arte em segundo plano.

Você é madrinha das ações sociais do santuário do Cristo Redentor. Conta um pouco sobre esse trabalho e a importância dele na sua trajetória. O Cristo Redentor não é apenas um momento ou o nosso cartão postal do Brasil. Temos um santuário e um Cristo vivo através das suas ações sociais. Apoiamos várias instituições e realizamos muitas ações buscando a melhoria da vida de muitas pessoas. Foi um presente lindo e que eu honro diariamente. Convido a todos a conhecerem o site do Cristo e ações sociais.

Deixe uma mensagem para os leitores da MENSCH. Como mensagem eu deixo que nunca desistam daquilo que faz bem ao coração de vocês. Ser feliz é nossa única missão em nossa passagem tão breve e intensa nesta terra. Não podemos desperdiçar! Beijos.

Fotos Nilo Lima

Beleza Alciane Bitencourt

Styling Marcia Dornelles

Assessoria Marcia Dornelles Comunicação