Você tem tentado emagrecer, acredita que come pouco e não entende porque não atinge o seu objetivo? Ou até já perdeu peso mas estacionou antes de chegar à meta final? Abaixo, vamos conhecer alguns erros que podem comprometer o seu emagrecimento: ⠀

1 – Comer menos fontes de proteínas do que o necessário. Na digestão das proteínas há maior gasto calórico, você sabia? Elas também aumentam a saciedade e contribuem para a manutenção/ganho da massa muscular (que acelera o metabolismo); ⠀

2 – Tomar pouca água. Muitas vezes, sentimos vontade de comer, mas o que o nosso corpo realmente precisa é de ingerir mais água. A ingestão adequada de água reduz a fome e ela participa de várias ações importantes para a eliminação de toxinas e o bom funcionamento de nosso organismo, contribuindo para o emagrecimento;⠀

3 – Comer pouca quantidade de fibras. As fibras (presentes nos vegetais folhosos, feijões, legumes e frutas) também aumentam a saciedade e melhoram a função intestinal (que contribui para a eliminação de gorduras e toxinas);

4 – Fazer low carb, mas comer excesso de calorias vindas das gorduras ou proteínas. Quando o objetivo é emagrecimento, não adianta restringir tanto os carboidratos e extrapolar a cota de calorias com outros nutrientes. Receitas fit também podem se encaixar nesse excesso calórico que está dificultando sua perda de peso; 

5 – Não dormir bem. Negligenciar o sono pode desregular hormônios essenciais no processo de emagrecimento. Tente dormir, ao menos, 7h por noite (sendo um sono de qualidade);⠀

6 – Trocar refeições ricas em nutrientes por lanches rápidos. Por exemplo – trocar um prato com feijão, carne ou ovos e salada por biscoitos, bolos ou pães. Esses últimos elevam rapidamente a insulina e facilitam o acúmulo de gordura; ⠀

7 – Ingerir excesso de industrializados, mesmo que sejam light ou diet – eles podem possuir muito sódio que aumentam a retenção de líquidos, adoçantes que mantem o nosso paladar “acostumado” e sempre pedindo pelo sabor doce e outros aditivos;

8 – Treinar “leve demais”. Para um emagrecimento efetivo, é preciso sair da zona de conforto nos exercícios físicos. Mas para isso, é importante a orientação e supervisão do profissional de educação física para garantir sua segurança;

09 – Extrapolar nos fins de semana. Não adianta restringir tanto durante a semana e descontar tudo nos fins de semana. Talvez, seja melhor comer um pouco a mais de segunda a sexta para controlar melhor o sábado e o domingo, tendo mais equilíbrio da ingestão calórica semanal;

10 – Não aplicar a estratégia adequada para você. É comum seguirmos dicas de algum conhecido que emagreceu, mas o que deu certo para ele (a) pode não se aplicar para sua vida. Além disso, passar muito tempo num mesmo modelo de alimentação pode fazer seu corpo se adaptar, sendo necessário fazer alterações na rotina alimentar. Um profissional de nutrição é a pessoa mais indicada para te ajudar a encontrar a melhor estratégia para suas necessidades;

11 – Ter muita pressa. Muitas vezes, nos desanimamos porque achamos que não estamos vendo resultados, mas talvez ainda não tenha dado tempo deles aparecer. Eliminando as possibilidades acima, mantenha o foco, trabalhe a paciência e a disciplina que logo o seu emagrecimento será percebido.