Já faz algum tempo, na cidade de Sant’Agata Bolognese, na Itália, que a Lamborghini chegou para concorrer com a Ferrari em carros que unem potência e luxo. E de um tempo pra cá, a fabricante só evoluiu, lógico que não conseguiu atingir a popularidade da sua principal concorrente, entretanto, quando uma Lamborghini ou a Juliana Paes passa, deixa qualquer marmanjo babando, principalmente quando estamos falando do novo lançamento: a Aventador Roadster. E não é que nós da MENSCH não só ficamos babando como também resolvemos falar um pouco sobre essa máquina antes mesmo do lançamento oficial do carro, que só será agora no começo de março, no Salão de Genebra. Mas a própria Lamborghini resolveu lançá-la, além disso, a montadora resolveu testar a receptividade com o público antes de ir para Suíça, e pelo visto, já foi um grande sucesso.
Esta máquina estava sendo aguardada apenas para 2014, porém, a montadora italiana resolveu tornar este sonho uma realidade, neste ano. E não é que o carro já chegou fazendo polêmica?! Foi criticado um protesto pela agência de proteção ambiental dos Estados Unidos devido ao índice exagerado de poluição e consumo de combustível. Mas aqui pra nós, acho que quem compra um carro deste, a última coisa que irá se preocupar é com o custo da quilometragem. O consumo de combustível chega na cidade a 21,4 litros/100 km. 

O sucesso do Aventador foi tão grande que a produção de no mínimo 12 meses já foi toda vendida. O modelo chega ao Brasil por R$ 2,8 milhões, e já conseguiu fechar a entrega de sete sortudos no começo de 2012, que já devem está circulando com a sua por aí. Você já parou para pensar nestes números? Enquanto a Lamborghini consegue embolsar quase R$ 20 milhões com a venda de 07 carros, uma montadora de carro popular precisa vender mais de 700 carros para chegar a este número.

O detalhe é que a Lamborghini pretende vender ainda 40 unidades do Aventador neste ano, dobrando os números do seu antecessor, o Murciélago. O novo “touro italiano”, como são chamados os carros da marca, acelera de zero a 100 km/h, em 2,9 segundos, atingindo a velocidade de 300 km/h, já que vem turbinado com o motor V12 de 6.5 litros e 700 cavalos de potência. Os dados são os mesmos do modelo coupe, assim, chegando a produzir 515 kW de potência e 690 nm de torque.

Acelerando o superesportivo, você conta com trocas seqüenciais de sete velocidades e tração integral, nas quatro rodas e os freios de cerâmica.  A carroceria é toda de fibra de carbono e com a charmosa porta gaivota. Outro ponto que a Italiana pretende se diferenciar dos modelos anteriores, Murciélago e Diablo, é no que se refere ao teto, a idéia do Aventador é não utilizar mais lona, e sim, um teto rígido móvel, sendo acionado por um botão, assim como a Ferrari Spider.
 
Aos interessados e com cacife para bancar esta brincadeira, basta ir na loja da Lamborghini do Brasil, que fica na Avenida Europa, em São Paulo, tendo o Grupo Itália responsável pelas importações. Há boatos que a montadora italiana está dando uma forcinha para os ricos brasileiros e estão permitindo o financiamento em até 60 vezes. Então pessoal, vamos aproveitar esta oportunidade, vai dizer que você não ficou com vontade de trocar seu carro?

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter:
@RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App
Store.