Sempre ativa e apaixonada por novos desafios Amanda Richter, que já rodou por vários países produzindo conteúdo de viagem, já deu voz a diversas personagens na TV (a mais nova ela nos conta logo no início desse papo) e atua também como apresentadora, tem tido novos desafios com sua produtora. Ainda mais em meio a pandemia onde teve que ser criativa juntamente com sua equipe para criar possibilidades e produzir conteúdos impactantes, como o que tem feito para o SPFW deste ano.

Amanda, soubemos que em breve você estreia em “Genesis”. Como anda a expectativa e o que podemos esperar da nova personagem? A expectativa é sempre grande quando estreio em um novo trabalho, aquele frio na barriga de se ver em outro ambiente com uma nova personagem. Com Gênesis, não tem sido diferente. Logo mais, Chaya (mais adulta) chega na telinha e eu estarei grudada para ver tudo bem de pertinho.

Será sua primeira novela bíblica? O que diferencia esse trabalho dos outros? Sim, esta é minha primeira novela bíblica. Nos transportamos para um outro tempo, é muito interessante. Outro tempo de vivência, de conexão das relações interpessoais. Todo o cenário, roupas, adereços e detalhes no set nos ajudam a embarcar nessa realidade. Gostei muito de entender, durante esse processo de leitura de roteiro e gravação, um pouco mais sobre as histórias marcantes da bíblia, que ouvimos durante a nossa vida.

E como foi voltar a gravar depois dessa pausa e em meio essa nova realidade criada pela pandemia? Todos nós estamos tentando nos adaptar a essa nova realidade. Trabalhamos com um protocolo rígido para que possamos gravar as cenas, nos relacionar com outras pessoas, mas preservando sempre a saúde de todos. Tivemos sim um “break” nas gravações, e ficamos um espaço de tempo sem gravar, mas depois as atividades foram retomadas e seguimos em frente para conseguir finalizar a novela dentro dos protocolos. Realmente, é um grande desafio fazer qualquer produção audiovisual no meio da pandemia, ainda mais uma novela que depende de tantos profissionais. Mas, se Deus quiser, logo mais, teremos a maioria da população vacinada e poderemos trabalhar e viver com mais tranquilidade.

Falando nisso, como foi passar pelo momento de isolamento social? Como ocupou o tempo e que lições tem tirado? Foi bem estranho. Nunca havíamos passado por um momento como esse. Eu comecei a fazer uma pós graduação em Neurociência e Comportamento online, recomeçar a estudar com aulas e rotina me ajudou muito nesse momento tão delicado. Tentava malhar em casa, fazer yoga, ler, fazer muitos facetimes com a família, cozinhar. Fazia de tudo um pouco para ocupar de forma equilibrada meu corpo e minha mente. Acho que a lição que fica é de valorizarmos as nossas relações, aproveitar ao máximo os momentos em família e junto das pessoas que amamos. E mais do que nunca, entendemos que a união faz a força e sentimos na pele a importância de ajudarmos uns aos outros.

E como foi enfrentar esse período com os trabalhos da sua produtora? Muito difícil. Clientes cancelando trabalhos, gravações adaptadas para o online, uma nova forma de produzir conteúdo sem sair de casa. O importante é irmos nos adaptando e entendendo o mercado, e foi isso que fizemos.

O mercado digital tem sido fértil nesse momento de pandemia. Como tem sido para vocês? Hoje quem não está no digital, praticamente não existe no mercado. Então, a necessidade de gerar conteúdo, de criar possibilidades e conexões através das plataformas digitais é uma questão que está sempre em voga tanto nos nossos trabalhos na produtora como no meu instagram pessoal.

Soubemos que vocês tem produzido muito material para o SPFW. Como tem sido trabalhar para esse mercado de moda? A minha produtora A.R MOVIES, abriu um “braço” mais focado em moda e arte, estes são assuntos que sempre me interessaram e estou gostando muito de produzir material para esse mercado. Estamos produzindo um filme para o SPFW da marca NERIAGE, que tem estreia para o dia 27 de junho. Como os desfiles não são mais presenciais, cada marca apresenta a sua nova coleção através de um filme. Estou muito animada com todo o processo e com a equipe maravilhosa que conseguimos montar para esse job, tenho certeza que teremos um resultado muito lindo e potente.

O SPFW em formato digital traz alguns novos desafios. Como tem sido o processo criativo para isso? O processo criativo vem de muito estudo e trabalho em equipe. Um dos pontos principais na minha opinião para o sucesso de qualquer objetivo, principalmente quando falamos de audiovisual, é ter uma equipe bem engajada, onde existe troca, e espaço para criação, tanto da grife quanto da equipe de filmagem.

Atriz, apresentadora… que desafios cada profissão te traz? Cada profissão tem suas particularidades, mas todas elas me trazem muito aprendizado e alegria. Acho que tudo que eu faço me completa, me amadurece, me torna uma mulher mais forte e segura do meu caminho. O desafio como atriz é a sensibilidade de se colocar em outro lugar, outra personagem, com outros ideais de vida, outras memórias do passado… Já a Amanda apresentadora, precisa lidar com imprevistos, estar atenta para descobrir as informações mais interessantes e legais de cada lugar e passar para o público de um jeito leve e dinâmico.

Em meio a tanto trabalho, o que curte para relaxar? Amo viajar, sempre que consigo faço pequenas viagens com meu marido para dar uma relaxada. O esporte, caminhadas, corridas e as próprias malhações em casa durante a pandemia me ajudam muito a desacelerar e relaxar.

E como anda a conexão Recife, Rio e Santa Catarina? Não tão grande quanto antes da pandemia. Estou esperando meus pais tomarem a segunda dose da vacina para poder visitá-los em Santa Catarina. Estou com muita saudades!

Para encerrar… o que mais vem por ai este ano? Boa pergunta, (risos). Estou com a festa do casamento marcada para o final do ano, uma festa pequena, que já foi adiada 3 vezes. Tentaremos fazer, estamos aguardando mais alguns meses para vermos como segue a vacinação… Estou torcendo muito para toda a nossa população ser vacinada o quanto antes e podermos ter um pouco mais de tranquilidade no nosso dia a dia.

Fotos Pino Gomes